Zillah Branco

Cientista Social, consultora do Cebrapaz. Tem experiência de vida e trabalho no Chile, Portugal e Cabo Verde.

11/09/2017 10h01

Furacões provocam caos nas sociedades colonizadas

A mídia internacional promove o medo junto às populações afetadas pelos furacões, reproduzem entrevistas com pessoas desesperadas, vão somando os mortos e exibindo imagens catastróficas. Os cálculos são dos mil milhões necessários para os novos investimentos. Quem morreu, morreu, coitados.

04/09/2017 8h55

Frente ampla, popular e de esquerda

Com o fim da segunda Grande Guerra - que deu início à Guerra Fria promovida pelos "aliados" sob a orientação da chefia imperial dos Estados Unidos que usaram as bombas atômicas para ficarem como heróis da vitória soviética incontestável. 

28/08/2017 12h59

O "povo abstrato" e o Estado social "supermercado"

Reprovado nas pesquisas e nas ruas com 94% de condenação popular, o governo de Michel Temer vê aumentar o número de manifestações nas ruas do Brasil que combatem as propostas de reforma da Previdência, de redução dos direitos trabalhistas e as desigualdades que acentuam a distância entre quem trabalha para sobreviver e os que detém o capital e o poder político.

21/08/2017 9h30

A origem do terrorismo actual

As nações europeias que, atravez da Nato participaram nas agressões promovidas pelos Estados Unidos aos países do Oriente Médio, do Norte da Àfrica, passaram a receber os milhões de foragidos tornados emigrantes como recurso à sobrevivência. A questão foi vista como humanitária até que a avalanche de problemas de acolhimento começou a ser entendida como econômica e financeira pelas nações mais ricas - Alemanha, Inglaterra e França.

14/08/2017 9h32

A mistificação do sistema capitalista

Temos hoje uma uma visão geral dos problemas de impotência das instituições democráticas e da luta de classes não só na Venezuela mas em toda a América Latina, diante das condições herdadas da colonização há 500 anos e da neocolonização posterior que manteve um sistema oligárquico de poder.

14/07/2017 11h08

Lula é um herói na história do Brasil

As nações em fase de colonização têm o povo no papel de heróis. A justiça, a liberdade, a fraternidade, a honra, permanecem na base empobrecida da sociedade acalentada pela capacidade de sobreviver sem apoios e manter a esperança para os seus filhos.

09/07/2017 15h17

 A luta contínua, permanente

.

03/07/2017 13h55

O capitalismo fantasia-se de socialismo

Inegável o êxito da Revolução Socialista de 1917, que institucionalizou grandes conquistas da humanidade - liberdade de pensamento; igualdade de direitos para gêneros, etnias, opções religiosas, classes sociais; condições de habitação, ensino, saúde, previdência social; combate à exploração humana; defesa dos direitos de cidadania; associação sindical - definindo um Estado democrático.

10/06/2017 11h36

A disseminação do ódio

Hoje está fartamente comprovado, através da comunicação social, que o incentivo ao terrorismo tem sido feito pelo imperialismo liderado pelos Estados Unidos e com o apoio de Israel e União Europeia além de nações subordinadas como Arábia Saudita, Qatar e outras que se entusiasmaram com as invasões realizadas pela Otan contra Iraque, Egito, Libia e agora a Síria que tem resistido heróicamente.

29/05/2017 11h00

Diretas já! Chega de remendos!

O Estado Brasileiro foi minado pelo neo-liberalismo desde que Meirelles foi apresentado ao Lula como "grande economista que, apesar de pertenter às hostes do tucanato, aceitava o programa de desenvolvimento nacional proposto pelo governo PT e iria assumir a Presidência do Banco Central do Brasil". Logo, o "colaborador que aderiu à política de esquerda traçada para acabar com a miséria e defender a soberania nacional" exigiu que o Banco do Brasil se tornasse independente.

Páginas:     12345próximaúltima