Movimentos

21 de fevereiro de 2017 - 11h06

Centrais unidas se mobilizam em Brasília contra reformas de Temer


   
O objetivo é organizar um movimento de pressão sobre o Congresso para que ele não aprove a PEC 287, proposta de emenda à Constituição que pode acabar com a Previdência Social e revoga direitos históricos da classe trabalhadora, com forte impacto sobre a população jovem (que deverá trabalhar 49 anos para conseguir se aposentar com benefício integral), os idosos, os trabalhadores e trabalhadoras rurais e as mulheres.
 
Na ocasião, no auditório Nereu Ramos, a partir das 14h ocorrerá o lançamento do livro Previdência: reformar para excluir?, coordenado pelo economista Eduardo Fagnani. Nesta segunda-feira (20), foram realizados protestos em aeroportos do Brasil denunciando o ataque aos direitos dos trabalhadores e os prejuízos que as reformas simbolizam para a maioria da população.
 
A CTB convoca as suas entidades estaduais e a militância a pressionarem os parlamentares para que o país não tenha de encarar este enorme retrocesso.
 
"Além de reduzir direitos e benefícios, sempre em detrimento dos mais pobres, a perversa proposta ameaça a economia de milhares de pequenos municípios brasileiros, que dependem das aposentadorias e pensões, e abre caminho à privatização do sistema, cobiçado pelo sistema financeiro", diz Araújo. 
 
Na semana que antecede o Carnaval, as centrais mobilizarão sua militância em manifestações nos aeroportos, nas bases eleitorais dos deputados e em Brasília. Confira a agenda:
 
21/2 - Mobilização e visitas às presidências da Câmara e do Senado
 
15/3 - Dia Nacional de Lutas com Greves e Paralisações contra a Reforma da Previdência.


Do Portal Vermelho com informações da CTB

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais