Brasil

7 de agosto de 2017 - 17h26

10º Congresso da UBM na Bahia elege nova direção da entidade


Recém-eleita presidenta da UBM, Vanja Santos e ex-presidenta da UBM, Lucia Rincon Recém-eleita presidenta da UBM, Vanja Santos e ex-presidenta da UBM, Lucia Rincon
Segundo dados levantados pela UBM, a maior quantidade de particantes no congresso foi proveniente da região do Nordeste (42,7%) e do Sudeste (35,8%), equivalente a 165 e 138 participantes, respectivamente. Já os estados com maior número de inscrições para o evento foram São Paulo e Bahia. As informações levantadas apontam, ainda, que a faixa etária das inscritas era entre 35 e 64 anos. Do total, 33,4% das presentes se identificou como negra ou preta, 26,7% como branca, 18,9% como parda e 0,5% como indígena. Quanto a orientação sexual, 284 identificaram-se como heterossexuais, 36 como bissexuais e 17 como lésbicas.

O ato político de abertura contou com a presença das deputadas federais do PCdoB Alice Portugal (BA), Jô Moraes (MG), Jandira Feghali (RJ) e Luciana Santos (PE), que também é presidenta nacional do partido. Também estiveram na abertura a presidenta da UBM/BA, Natália Gonçalves, além de Marianna Dias (presidenta da União Nacional dos Estudantes-UNE), Liége Rocha (secretária nacional da Mulher do PCdoB), Julieta Palmeira (Secretária de Políticas para Mulheres da Bahia), Olívia Santana (Secretaria estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte), Maria das Neves (diretora nacional da União da Juventude Socialista - UJS), a vereadora Aladilce Souza (PCdoB-Salvador), Miguelina Vecchio (PDT), Angela Albino (suplente de deputada federal do PCdoB-SC), Angela Guimarães, presidenta nacional da Unegro, os deputados federais do PCdoB baiano Daniel Almeida e Davidson Magalhães (BA), entre outros.

A secretária da Mulher do PCdoB-BA e líder do partido na Câmara, Alice Portugal abriu o ato político afirmando que o debate da UBM está "à altura dos desafios do momento, que são enormes. Todo machismo, todo o sexismo será combativo pela União Brasileira de Mulheres”. Liège Rocha ainda completou que “o momento exige mobilização das mulheres para impedir a perda de direitos e barrar os retrocessos”.

Foram ainda aprovadas duas monções, uma em apoio à Assembleia Constituinte na Venezuela e outra em apoio às senadoras que ocuparam a mesa do Senado durante uma sessão em julho, em protesto contra a aprovação da reforma trabalhista.

Vanja Santos, eleita na plenária final da UBM no domingo (6), exercerá o mandato pelos próximos três anos. A nova presidenta da entidade é formada em filosofia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), tem atuação nos movimentos sociais desde o período estudantil na universidade e uma militância voltada para a luta das mulheres. Foi ainda presidenta da UBM-AM e posteriormente a sua nomeação exercia o cargo de vice-presidenta nacional da UBM. “Nesse momento que sou eleita para representar a nossa entidade vou fazer o possível para que o nosso mandato dê sequência ao trabalho realizado até agora. A UBM continuará se fortalecendo na defesa intransigente das mulheres”.

Em depoimento  ao Portal Vermelho, Vanja Santos disse entender esse mandato “como um desafio não apenas às nossas lutas mais específicas, mas também pela democracia e pela manutenção de direitos conquistados e que hoje vemos sendo eliminados por um presidente golpista somado a um Congresso vendido”. Para ela “a UBM buscará as mulheres para mostrar como elas são as primeiras atingidas, chamá-las para resistir conosco e avançar por mais direitos e em busca da democracia. Queremos combater essa política nefasta que atinge nossa nação provocando desordem, violência, perdas e insegurança”. E conclui: “nossa luta será todos os dias em cada canto desse país, com as companheiras da UBM alinhadas com outros movimentos sociais para lutar pelas mulheres e pelo povo brasileiro”.

Homenagem

Em uma das palestras ocorridas no evento no fim de semana, a deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG) fez um discurso emocionante relatando a vida da dirigente e militante comunista do PCdoB, Gilse Cosenza, falecida em maio deste ano e homenageada da 10º edição do Congresso. “Gilse foi uma revolucionária de têmpera especial. Desde os 16 anos, em um colégio interno onde rompe os grilhões do conservadorismo e ajuda a criar um grêmio estudantil até as últimas semanas que antecederam a sua partida, ela estava nas ruas, na campanha do Fora Temer!”, conta a deputada. Em seu discurso, Jô relatou a força e a presença de Gilse na resistência contra a Ditadura Militar, pela qual sofreu violentas torturas e chegou a ser estuprada. Mãe, sofreu ameaças contra si e sua filha, mas resistiu. Foi para o Ceará e reorganizou o Partido Comunista do Brasil no estado “Por isso é que eu quero lhes dizer: Gilse não partiu. Essa têmpera especial de humanidade, que a história construiu com a nossa participação, está entre nós”, concluiu a deputada Jô Moraes, sob aplausos.

Confira a lista da Coordenação Nacional da UBM de 2017 até 2020:

1. Vanja Andrea - Presidenta
2. Mariana Venturini - Vice Presidenta
3. Liege Rocha
4. Manuela Braga - SP
5. Flávia Calé – RJ
6. Elza Campos - PR
7. Flávia Costa Tanaka – SP
8. Ivânia Pereira – SE
9. Maria das Neves – SP
10. Ana Carolina Barbosa – MA
11. Tais Campos - MA
12. Lúcia Rincón - GO
13. Lidia Ferreira Rodrigues - Tesoureira
14. Maiara Viana – CE
15. Renata Rosa – MG
16. Maria Rosa Silva de Souza – BA
17. Tatiane Seixas – PI
18. Helena Pirajibe – RJ
19. Francisca Bentes – AM
20. Laide Barros – AM
21. Olgamir Amancio – DF
22. Rozina Conceição – SP
23. Claudia Rodrigues – SP
24. Silvana Conti – RS
25. Debora Melecchi – RS
26. Luciana Marina da Silva – RJ
27. Sandra Batista – PA
28. Beatriz Lopez – SP
29. Natalia Silva Trindade – RJ
30. Vania Jussara da Cruz Bretas – RJ
31. Natália de Oliveira Gonçalves – BA
32. Cleo Pires – SP
33. Angela Albino – SC
34. Olga Aguiar de Melo – RN
35. Maria Isabel Pereira – PR
36. Laudijane Domingos da Silva– PE
37. Jaffia Alves de Mello - PE
38. Keith Horta – SP
39. Debora da Costa Queiroz – MG
40. Gregória Benário Lins e Silva – PB
41. Carolina dos Santos Nunes – BA
42. Luciana Bernardes – ES
43. CTB – Nome após Congresso
44. Francileuda Soares - CE
45. Sidiana Soares - GO
46. Natasha Ferreira - RS




Confira abaixo o vídeo do primeiro dia do Congresso:



*últimas alterações feitas no dia 8/8 para acrescentar informações

* Alessandra Monterastelli é estagiária do Portal Vermelho 

Do Portal Vermelho

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais