Movimentos

25 de agosto de 2017 - 12h56

Trabalhadores da Eletronorte: Estado de greve contra privatização

Reprodução Site Sindicato dos Urbanitários no DF
   

Na ocasião, os eletricitários deliberaram também pela aprovação de uma taxa extra de fortalecimento sindical para os próximos seis meses. O objetivo é destinar o recurso arrecadado para a campanha nacional em defesa das estatais do setor elétrico que será lançada no dia 12 de setembro, na Câmara dos Deputados.

A campanha está sendo construída pelas entidades sindicais que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários e apoiada pela Frente Parlamentar em Defesa do Setor Elétrico Brasileiro.

Para o dirigente do STIU-DF, Ikaro Chaves, a privatização, que antes era ameaça, se tornou real. “As empresas serão pulverizadas e os trabalhadores serão todos demitidos”, alertou. Ele ressaltou que a entrega das estatais à iniciativa privada impactará diretamente na tarifa de energia residencial e da pequena indústria. Além disso, provocará uma quebra na soberania nacional e segurança energética.

Aposentado pela Eletronorte e ex-dirigente sindical, Emídio da Costa Neto, lembrou aos eletricitários da luta realizada pela categoria na década de 90, quando se iniciou o processo de privatização das empresas do setor elétrico brasileiro. “Naquele momento realizamos uma greve de 30 dias, e todos os trabalhadores estavam unidos para defender a nossa empresa. É o que precisamos para este novo ataque: unidade e coragem”.

O ex-dirigente destacou ainda que a medida proposta pelo atual governo interfere, radicalmente, na Caixa de Assistência E-Vida, responsável pela gestão do plano de saúde e no Previnorte,fundo de pensão da categoria.


O diretor de engenharia da CEB, Mauro Martinelli, enfatizou que toda empresa estatal é viável desde que administrada com seriedade. “É o maior absurdo privatizar, ainda mais uma empresa como a Eletrobras, uma das maiores geradoras de energia do planeta. Um governo sério não abre mão de uma empresa como a Eletrobras”, disse.



Fonte: Sindicato dos Urbanitários no Distrito Federal

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais