PT aprova apoio a Manuela d’Ávila para prefeita de Porto Alegre

Diretório Municipal petista indicou, por unanimidade, a coligação com o PCdoB, em chapa encabeçada por Manuela. Já o ex-presidente Lula considera que a tendência é seu partido apoiar a ex-deputada.

Manuela D'Ávila, ao lado de Marcelo Freixo (PSOL), Carlos Lupi (PDT), Gleisi Hoffmann (PT) e Carlos Siqueira (PSB), no aniversário de 40 anos do PT

O Diretório Municipal do PT de Porto Alegre (RS) aprovou nesta terça-feira (18), por unanimidade, a indicação de apoio à candidatura Manuela D’Ávila (PCdoB) a prefeita. A resolução será submetida, agora, ao Encontro Municipal do partido, que será realizado em 28 de março. Se o apoio for confirmado, será a primeira vez que os petistas apoiarão uma chapa encabeçada por outro partido na capital gaúcha.

Em Brasília, o ex-presidente Lula sinalizou com a possibilidade do PT apoiar a candidatura de Manuela. Após reunir-se com as bancadas do partido na Câmara dos Deputados, Lula falou sobre o apoio a candidaturas de outros partidos. “Há uma tendência natural do PT de apoiar a Manuela. Acho que essa é uma questão difícil de gente de fora dar um palpite”, disse o presidente. “A Manuela é uma grande companheira e certamente será uma grande candidata”, disse o ex-presidente.

Manuela já se candidatou duas vezes à Prefeitura de Porto Alegre – cidade da qual se tornou, em 2004, a mais jovem vereadora eleita. Em 2006 e 2010, foi eleita deputada federal com votações recordes. No ano de 2014, candidatou-se à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e se elegeu deputada estadual. Indicada como pré-candidata à Presidência da República no Congresso Nacional do PCdoB, em 2017, Manuela acabou concorrendo a vice-presidenta, na chapa encabeçada por Fernando Haddad (PT).

Nesta terça-feira, assim que tomou conhecimento da resolução do PT de Porto Alegre, Manu foi às suas redes sociais para saudar o gesto petista. “Quero agradecer a todas as companheiras e companheiros membros do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Porto Alegre pela resolução aprovada na noite de hoje. Para mim, é uma alegria e honra caminharmos juntos na próxima eleição municipal”, tuitou.

“Fico muito feliz que a direção municipal de vocês, de maneira unânime, encaminhe a minha indicação como nossa candidata à prefeita para a militância petista e para a frente de partidos de oposição à atual administração. Tenho certeza que é possível fazermos Porto Alegre voltar a ser do povo. Porto Alegre voltará a ser do mundo!”, completou Manuela.

Em outubro passado, a um ano das eleições municipais de 2020, a ex-deputada aparecia na liderança das intenções de voto à Prefeitura de Porto Alegre (RS), conforme levantamento do Instituto Methodus. Na pesquisa espontânea, ela foi lembrada por 8% dos entrevistados, ficando numericamente à frente do deputado estadual Sebastião Melo (MDB, 6%) e do prefeito porto-alegrense, Nelson Marchezan Júnior (PSDB, 4%). Manu também era líder nos quatro cenários estimulados pesquisados em Porto Alegre, variando de 17% a 27%.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *