Flávio Dino alerta para conteúdo fascista de ato golpista

Para o governador do Maranhão, a manifestação programada será um festival de agressões às leis. Ele lembrou que na Alemanha não se admite propaganda do nazismo.

(Divulgação)

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), não tem dúvida que vai prevalecer um festival de manifestações fascista contra a democracia e a Constituição no ato marcado para o próximo dia 15.

A manifestação contra o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal) foi motivado pelo próprio presidente Bolsonaro num compartilhamento de vídeo no WhatsApp convocando a população.

“Para os que estão achando que o ato do dia 15 de março será ‘normal’, esperemos para ver o festival de faixas, cartazes e discursos contra a Constituição e as leis. Na Alemanha, não se admite propaganda do nazismo”, lembrou o governador.

Em vez de atos subversivos e inconstitucionais, Flávio Dino disse que a pauta do governo deveria ser outra: reforma tributária, crescimento da economia, desemprego, filas do INSS e do Bolsa Família.

“Onde estão as propostas e ações? Governo é para governar, não para criar confusão”, afirmou.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *