Flávio Dino: Bolsonaro insiste na cloroquina e evita combater covid-19

“Na verdade, é uma falácia puramente ideológica do presidente da República, que insiste nessa falsa polêmica da cloroquina exatamente porque não quer enfrentar o coronavírus de verdade”, declarou o governador

(Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (20) um protocolo para aplicação de cloroquina e hidroxicloroquina para tratamento do coronavírus. Em entrevista à CNN, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que Bolsonaro usa o medicamento para evitar o combate à covid-19.

Segundo ele, o Maranhão já segue protocolos médicos para prescrição de cloroquina para a Covid-19.

“Esse é um tema que não é visto como merecedor de polêmicas, uma vez que os estados já estão fazendo o óbvio há bastante tempo. Na verdade, é uma falácia puramente ideológica do presidente da República, que insiste nessa falsa polêmica da cloroquina exatamente porque não quer enfrentar o coronavírus de verdade”, declarou Dino.

Ele ainda afirmou que o medicamento já está disponível no sistema de saúde do estado há quase dois meses, mas que cabe aos médicos decidirem pelo uso ou não, seguindo as diretrizes já anunciadas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que já havia liberado uso em casos críticos, moderados e leves.

“Não é governador, presidente da República, ministro, general ou seja lá quem for que decide a conduta médica. É baseada na ciência e na análise da situação individual de cada paciente. Então, é muito barulho e confusão por nada”, declarou “No estado do Maranhão, ela é dada ou não a critério médico, analisando cada paciente”.

O governador também defendeu que o debate nacional “não é” a cloroquina. “O debate nacional sério é garantir prevenção, medidas de proteção social, uso de máscaras, solidariedade às famílias, garantir cumprimento das normas sanitárias e a expansão de leitos e respiradores. De modo prático, essa confusão que o Bolsonaro criou com a cloroquina não tem incidência com a realidade. Na verdade, é perda de tempo e de energia”.

Ele ainda disse que espera que seja comprovado que a cloroquina tem eficácia contra a Covid-19, mas acrescentou: “Só que eu não sou médico, então creio que o foco do debate está desviado”.

Reunião de governadores

Dino também comentou a reunião com 24 dos 27 governadores do país para tratar dos assuntos que devem ser abordados na videoconferência com Bolsonaro, marcada para quinta-feira (21).

“Nós discutimos a necessidade da sanção imediata da lei que trata do novo pacto federativo emergencial a fim de que haja uma posição conjunta”, explicou. “Portanto, foi uma reunião bastante importante e esperamos que Bolsonaro, de modo sereno e tranquilo, conduza amanhã e consigamos avançar naquilo que é fundamental que é união de todos para enfrentar e vencer o novo coronavírus”.

Dino ainda informou que a maioria dos governadores presentes na reunião desta quarta foram favoráveis a manutenção das medidas de isolamento social e avaliaram a retomada econômica feita com garantias.

“Todos se manifestaram no sentido de que isso não pode ser feito de qualquer jeito, portanto temos uma reafirmação da importância das medidas não farmacológicas, sobretudo nesse contexto de recorde de mortes nas últimas horas”, disse ele.

Com informações da CNN

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *