Movimentos em defesa da democracia e entidades vão unificar ações

Organizadores dos movimentos e entidades discutiram a necessidade de elaborar manifestos em conjunto e até a unificação dos grupos

(Foto: Reprodução)

Contra a ofensiva autoritária, organizadores dos manifestos Basta, Estamos Juntos e Somos 70% decidiram unificar suas ações de combate ao avanço do autoritarismo, ameaças às instituições e a democracia no país.

O primeiro passo nessa direção foi dado numa reunião virtual realizada nesta quarta-feira (3) com a presença de mais de 20 entidades, houve propostas de manifestos em conjunto e até mesmo unificação dos grupos.

A conversa foi considerada como um ponto inicial para uma mobilização integrada. O principal motivo da reunião era discutir formas de arrecadar dinheiro para que os manifestos continuem sendo publicados.

Nas redes sociais, o economista Eduardo Moreira, idealizador do Somos 70%, diz que o principal objetivo é alcançar o grande público na defesa do país.

“Os 70% do país que rejeitam este governo antidemocrático, que rejeitam a violência e que querem ser vistos e ouvidos, não são de pessoas famosas. São de pessoas que nos esquecemos de ver e ouvir, mas que todos os dias dão suas vidas para pelo Brasil. #Somos70porcento”, escreveu no Twitter o economista.

Com informações do Painel da Folha

Autor

Um comentario para "Movimentos em defesa da democracia e entidades vão unificar ações"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.