USP e Unesp criam sistema de dados comparativos da covid-19 em SP

SP Covid-19 Info Tracker fornece dados da doença em tempo real de 82 cidades do Estado com gráficos detalhados para análise da evolução da pandemia.

O sistema reúne dados de 82 cidades paulistas. Informações são diariamente coletadas a partir dos canais oficiais das prefeituras municipais do Estado de São Paulo – Foto: Site SP Covid-19 Info Tracker

Pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação de São Carlos (ICMC) da USP,  e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) desenvolveram uma ferramenta que monitora em tempo real a evolução da covid-19  no Estado de São Paulo: o SP Covid-19 Info Tracker. O projeto está sob a liderança de Walace Casaca, professor da Unesp e pesquisador do CeMEAI.

O sistema reúne dados de 82 cidades paulistas desde o início da pandemia no País, o que corresponde a 95% dos óbitos confirmados no Estado. São informações históricas diárias, índices epidemiológicos e resultados de estatísticas matemáticas, coletados a partir dos canais oficiais das prefeituras municipais do Estado de São Paulo.

“A ferramenta de análise de dados permite à sociedade – mídia, comunidade científica e entidades governamentais – uma melhor compreensão da evolução da covid-19 no Estado. São compiladas diversas informações sobre o avanço da doença no Estado, incluindo dados brutos dos municípios, a historicidade, estatísticas, índices epidemiológicos e resultados de simulações matemáticas”, explica Casaca.

Modelos matemáticos e algoritmos

SP Covid-19 Info Tracker é um sistema aberto para acesso público, que reúne várias estatísticas e processa os dados com modelos matemáticos e algoritmos de ciência de dados. O instrumento se divide em quatro partes. A primeira mostra os números diários e absolutos de casos confirmados, descartados e notificados, testes realizados, pacientes recuperados e óbitos, de acordo com as informações fornecidas por cada município e do processamento dos dados coletados. A segunda parte apresenta gráficos da historicidade dessas informações e faz um perfil detalhado do desenvolvimento da covid-19 ao longo do tempo.

As duas últimas páginas possibilitam um comparativo entre os dados de quaisquer cidades do Estado monitoradas pelo projeto, também com apresentação de gráficos e estatísticas para análise temporal.

“Além de dar transparência aos dados sobre o novo coronavírus no Estado, a plataforma visa a dar condições para que secretarias municipais e entidades do poder público estadual possam implementar respostas rápidas, de ordem técnica e síncrona com a ocorrência do dado, a partir da análise dos dados e da situação de cada município”, completa o pesquisador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *