Polícia Federal prende blogueiro bolsonarista após suspeita de fuga

Oswaldo Eustáquio é casado com Sandra Terena, secretária Nacional de Promoção da Igualdade Racial no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado por Damares Alves.

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio - Foto: Reprodução/Twitter

A Política Federal prendeu nesta sexta (26) Oswaldo Eustáquio, como parte da Operação Lume, que investiga o financiamento de atos que pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Eustáquio é um blogueiro bolsonarista casado com Sandra Terena, secretária nacional de Promoção da Igualdade Racial no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado por Damares Alves.

A PF inicialmente localizou Eustáquio em Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai. Ele estava sendo monitorado porque havia risco de fuga. Hoje, foi preso em Campo Grande, capital do estado.

Por volta de meio-dia, o blogueiro postou uma mensagem dizendo que estava no Paraguai. Pouco depois a PF efetuou a prisão. Oswaldo Eustáquio é a sétima pessoa detida na operação.

Sara Giromini, uma das primeiras extremistas presas nas investigação, afirmou que a prisão do colega foi “política” e que se vive “a verdadeira caçada aos conservadores” no país. Ela foi solta na última quinta-feira (25) sob a condição de usar tornozeleira eletrônica.

Fonte: UOL e Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *