Deputada destaca a luta para assegurar a qualidade do ensino no Fundeb

Deputada Alice Portugal disse que os aliados de Bolsonaro tentaram acabar com o CAQ (Custo Aluno de Qualidade), mecanismo que visa melhorar os indicadores de qualidade na educação

(Foto: Maryanna Oliveira/Agência Câmara)

Aliados de Bolsonaro e o chamado velho partido Novo tentaram, sem sucesso, investir na votação do novo Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica) contra o CAQ (Custo Aluno de Qualidade), parâmetro de investimento em qualificação do ensino.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), vice-líder da Minoria na Câmara dos Deputados, disse que na calada da noite o Novo apresentou um destaque extemporâneo para acabar com o CAQ.

Para a parlamentar, o Novo se perdeu no discurso ao propagar que os professores só falavam em salários, mas quando se tratou da qualidade do ensino investiu contra o CAQ. É um mecanismo de valoração, avaliação de como se aprecia a qualidade do ensino: bibliotecas, laboratórios e valorização de professores com educação continuada.

 “Disseram que professor só se pensava em salário, quando a gente coloca a qualidade em debate o Novo é contra, a contradição é muito grande. Na verdade, não queriam aprovar o relatório da Professora Dorinha”, disse.

O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) comentou outra investida do Novo contra o Fundeb: “Derrotamos a emenda do Novo que queria zerar o piso de 70% do novo Fundeb para valorizar o trabalho dos educadores com pagamento de salários dignos”, lembrou.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *