Manuela d´Ávila diz que boiada de Ricardo Salles destrói meio ambiente

A ex-deputada destaca que desde o início do ano foram registrados 3.415 focos de incêndio no Pantanal

(Foto: Giulia Cassol/Sul21)

A ex-deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), pré-candidata a prefeita de Porto Alegre, afirmou que “a política de passar a boiada realizada por Ricardo Salles [ministro do Meio Ambiente] e o governo Bolsonaro está destruindo o meio ambiente”, ao comentar o crescimento do número de incêndios florestais no pantanal.

“Absurdo! A política de passar a boiada realizada por Ricardo Salles e o governo Bolsonaro está destruindo o meio ambiente brasileiro. Desde o início do ano foram registrados 3.415 focos de incêndio no Pantanal, o maior número desde 1998! #foraSalles“, escreveu.

Na reunião ministerial de 22 de abril, divulgada com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Salles afirmou que era o momento de aproveitar a pandemia, e já que a imprensa estava ocupada com isso, para desrespeitar a legislação de proteção ao meio ambiente com decretos e “passar a boiada”.

Então, para isso, precisa ter um esforço nosso aqui enquanto estamos nesse momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só fala de Covid e ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas. De IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), de ministério da Agricultura, de ministério de Meio Ambiente, de ministério disso, de ministério daquilo. Agora é hora de unir esforços pra dar de baciada a simplificação”, disse o ministro, conforme a transcrição disponibilizada pelo STF.

Fonte: Hora do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *