Baixa no Centrão revela desacordo sobre condução do país, diz deputado

Orlando Silva afirmou que debanda no bloco representa uma divisão do campo conservador sobre como o país está sendo governado

(Foto: Agência Câmara)

O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) avaliou que a debanda de partidos como MDB e DEM do Centrão não pode ser associada somente as eleições para as direções da Câmara e do Senado. Segundo ele, há uma divisão no campo conservador sobre como o país está sendo conduzido.

Orlando Silva afirmou que a divisão reflete leituras diferentes sobre a condução do país entre o campo conservador, que é maioria na Câmara, mas não unânime na avaliação do governo. Ele entende que a divisão não necessariamente tem relação com a sucessão, mas terá consequências na mesma.

“A decisão não tem necessariamente vinculação com as disputas pelas mesas da Câmara e do Senado, mas influencia nelas”, disse o deputado ao Congresso em Foco.

Apesar de considerar as discussões sobre o assunto precipitadas, o deputado afirma que a oposição não irá se vincular a quem der sustentação ao governo Bolsonaro. “Quem não estiver no colo do Bolsonaro, terá o espaço de diálogo com a oposição”, defendeu.

Com informações do Congresso Em Foco

Autor

Um comentario para "Baixa no Centrão revela desacordo sobre condução do país, diz deputado"

  1. nino disse:

    tudo bem? gostei muito do seu site, parabéns pelo conteúdo. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *