Depósito de Queiroz na conta da primeira-dama repercute no Congresso

A líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Perpétua Almeida (AC), ironizou as contradições de Bolsonaro: “Você esqueceria de ter emprestado R$ 72 mil para alguém?

(Foto: Alan Santos/PR)

Parlamentares da oposição veem contradições de Bolsonaro após a divulgação de novos depósitos feitos por Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. No depósito de R$ 40 mil, revelados no início da investigação, o presidente alegou que era resultado de empréstimo que fez ao amigo. Agora, com a quebra do sigilo bancário do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foram encontrados (entre 2011 e 2018) 21 cheques depositados na conta de Michelle totalizando R$ 72 mil.

No mesmo período, os investigadores revelam que Queiroz recebeu na sua conta bancária mais de R$ 6 milhões, sendo R$ 900 mil sem identificação. Não foi encontrado depósito de Bolsonaro para ele.

A líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Perpétua Almeida (AC), ironizou as contradições de Bolsonaro: “Você esqueceria de ter emprestado R$ 72 mil para alguém? Pois é, Bolsonaro esqueceu (…) Declarou que ‘emprestou’ à Queiroz R$ 40 mil para justificar depósitos na conta da mulher, Michelle. Sabe-se agora que os depósitos na conta da primeira-dama foi de R$ 72 mil.”

“Imagina alguém ligado a atividade criminosa depositando 21 cheques na conta da primeira-dama de qualquer país do mundo (…) Aconteceu e esse país é o nosso Brasil. E daí? Daí que o presidente. Bolsonaro novamente deve explicações ao país. Feio, né presidente? Explica aí!”, escreveu no Twitter o deputado Márcio Jerry, vice-líder do PCdoB na Câmara.

No mesmo tom, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) disse que Queiroz é “mesmo um amigão”. “21 cheques depositados na conta da primeira-dama, 48 depósitos na conta de Flávio (Bolsonaro). Queiroz é mesmo um amigão.”

O líder do PT na Câmara, deputado Enio Verri (PT-PR), também viu contradição na justifica do empréstimo dada pelo presidente. “Os 21 depósitos na conta da primeira-dama, de R$ 72 mil, reforçam a parceria. Porém, como e por que o assalariado assessor depositou mais de 10 mil por 7 anos?”, indagou.

Para a líder do PSOL, deputada Fernanda Melchionna (RS), Bolsonaro mentiu. “A quebra de sigilo bancário de Queiroz revelou 21 depósitos num total de R$72 mil na conta de Michelle desde 2011. Bolsonaro tinha dito que o depósito para ela era apenas uma ‘devolução’ de um empréstimo, mas agora temos provas do esquema corrupto”, disparou.

Senado

Além dos cheques, o senador Humberto Costa (PT-PE) lembrou que Michelle Bolsonaro recebeu dinheiro da mulher do ex-assessor de Flávio Bolsonaro. “É um grande negócio familiar”, disse.

No Twitter, a liderança do PDT Senado disse que extrato bancário de Queiroz revela novos repasses à primeira-dama e não registra empréstimo de Bolsonaro. “Internautas apelidam Michelle de Micheque.”

Autor

Um comentario para "Depósito de Queiroz na conta da primeira-dama repercute no Congresso"

  1. VIOLADOR.SC disse:

    Queiroz depositou R$ 72 mil na conta de Michelle Bolsonaro kkkkk….
    Quebra de sigilo revela que Michelle Bolsonaro (MICHEQUE pros íntimos) recebeu pelo menos 21 CHEQUES do QUEIROZ” todo dia uma notícia nova de corrupção, lavagem de dinheiro, rachadinhas e ligação com a milícia vindo da família do presidente.
    Ainda falavam do LULA kkkkk esta família é mais suja e trambiqueira que todos os corruptos do Brasil juntos kkkkkk.
    Imaginem o que esta senhora tem escondido na sua vida de antes do Bolsonaro kkkkkkk.
    O povo te conhece Michelle Bolsonaro kkkkkk
    Cidadão de bem e bons costumes. Hipócritas.
    #Micheque
    Qual será a presepada q o presidente miliciano vai aprontar, para tirar o foco dos depósitos de Queiroz para Micheque?kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *