Pandemia mantém tendência de queda, apesar dos mais de mil óbitos

A média de contágios e óbitos tem queda de 25%, se comparado com os últimos 14 dias, mantendo a curva descendente. Apenas o CE apresentou aumento de mortes.

Testagem para o novo Coronavírus chega ao sétimo dia na comunidade escolar do Subúrbio Ferroviário no bairro de Plataforma, em Salvador. Foto: Josenildo Almeida

O Brasil chegou a 128.539 mortes em função da covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.075 óbitos. Ontem, o painel marcava 127.464 óbitos.

Os dados estão no Boletim Epidemiológico da Covid-19 do Ministério da Saúde, apresentado em entrevista coletiva por gestores da pasta hoje (9). De acordo com o boletim, 616.014 pessoas estão em acompanhamento e outras 4.197.889 já se recuperaram do novo coronavírus.

Mesmo com patamar alto, curva de mortes permanece em queda

Entre ontem e hoje, as secretarias de saúde acrescentaram às estatísticas do painel do Ministério da Saúde, 35.816 novos diagnósticos de infecção pelo novo coronavírus. Ontem, o sistema trazia 4.162.173 casos desde o início da pandemia.

A queda comparativa também se mantém em relação ao contágio por Covid-19.

O levantamento do consórcio dos veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de saúde também confirma a tendência. Brasil chegou nesta quarta-feira (9) a 128.653 mortes e 4.199.332 casos confirmados de coronavírus. A média móvel de mortes registrou queda de 25% pelos critérios do consórcio.

Apesar das 1.136 mortes registradas em 24 horas, o país segue em tendência de queda considerando a média móvel. Pelos critérios do consórcio, variações de até 15%, para mais ou para menos, são consideradas indicativo de estabilidade. 

O Brasil chegou ao total de 128.653 óbitos. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 679 óbitos. a variação de -25% é em relação aos dados registrados em 14 dias.

Em casos confirmados, já são 4.199.332 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 34.208 desses confirmados neste segunda. A média móvel de casos foi de 28.273 por dia, uma variação de -24% em relação aos casos registrados em 14 dias.

Estados

Os estados com mais mortes são São Paulo (31.821), Rio de Janeiro (16.770), Ceará (8.604), Pernambuco (7.764) e Pará (6.280). As Unidades da Federação com menos vidas perdidas até o momento são Roraima (605), Acre (631), Amapá (675), Tocantins (762) e Mato Grosso do Sul (1.007).

Apenas um estado apresenta alta de mortes: CE. Em relação a terça(8), CE estava com o número de mortes estáveis, segundo a média móvel, e agora aparece em alta. RS, DF e RR apareciam em queda, e agora estão em estabilidade. A mudança mais drástica ocorreu no AM, que aparecia em alta com 208% e agora tem tendência de baixa com -32%.

  • Subindo (1 estado): CE
  • Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (9 estados): RS, PR, MG, DF, MS, MT, AC, PA e RR.
  • Em queda (17 estados): SC, ES, RJ, SP, GO, AM, AP, RO, TO, AL, BA, MA, PB, PE, PI, RN e SE.
São 17 os estados que apresentam queda no número de mortes por Covid-19, nove com estabilidade e apenas o Ceará com aumento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *