Marcivânia diz que agressão a Mariana Ferrer humilha todas as mulheres

A deputada diz que esse tipo de audiência na Justiça é intolerável e demonstra o quão distante estamos de uma sociedade civilizada

A deputada Professora Marcivânia (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Em mensagem gravada a Mariana Ferrer, a deputada federal Professora Marcivânia (PCdoB), candidata a prefeita de Santana (Macapá), disse que todas as mulheres se sentiram afrontadas após assistirem ao vídeo da audiência na qual Cláudio da Rosa Filho, advogado do empresário André Camargo Aranha, acusado de estuprar a influenciadora digital, humilha a vítima.

O advogado mostrou fotos sensuais de Mariana e disse que “jamais teria uma filha” do “nível” dela. Quando a influencer chora na audiência, ele repreende: “Não adianta vir com esse teu choro dissimulado, falso e essa lábia de crocodilo”. Tudo presenciado pelo juiz Rudson Marcos, que não esboçou nenhuma reação para cessar os ataques. No final o empresário é absolvido.

“Quando assistíamos a audiência do seu caso, todas nós mulheres, nós sentimos humilhada. Foi um sofrimento imprimido em todas nós”, disse a deputada Marcivânia, que interrompeu as atividades de campanha para gravar o vídeo.

Segundo ela, os órgãos como CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e o Ministério dos Direitos Humanos e das Mulheres foram acionados para apurarem o caso. A deputada afirmou que a vítima não está sozinha.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *