Trump reconhece vitória de Biden, mas insiste que houve fraude

Mantendo sua postura errática, o atual presidente afirmou que a vitória ocorreu devido à manipulação.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste domingo (15), pela primeira vez, que o democrata Joe Biden foi o vencedor das eleições presidenciais no país. “Ele venceu porque a eleição foi manipulada”, escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Momentos depois, o atual ocupante da Casa Branca fez nova publicação, mudando o tom da anterior: “Eleições fraudadas. Venceremos!“.

O republicano, no entanto, voltou a acusar o processo eleitoral de fraudes. Segundo ele, a participação de observadores e fiscais de votação não foi permitida e os votos teriam sido tabulados por uma empresa privada de “esquerda radical“.

“Todas as ‘falhas’ mecânicas que aconteceram na noite da eleição foram na verdade ELES sendo pegos tentando roubar votos. Eles tiveram muito sucesso, entretanto, sem serem pegos. Eleições pelo correio são uma piada de mau gosto”, escreveu.

1ª publicação foi às 9h56

2ª publicação foi às 11h16

Biden conquistou o maior número de delegados nas eleições realizadas em 3 de novembro e foi declarado eleito pelas principais empresas de comunicação em 7 de novembro. Trump contesta os resultados na Justiça sem apresentar evidências concretas para basear as acusações.

No sábado (14), o atual presidente foi de carro a 1 protesto promovido por apoiadores, em Washington. O ato contestou o resultado das eleições presidenciais nos Estados Unidos. Os manifestantes se reuniram na Freedom Plaza, próxima à Casa Branca.

A posse do novo presidente dos Estados Unidos está agendada para 21 de janeiro. É praxe, contudo, que o atual mandatário reconheça que o resultado das eleições e receba o vencedor na Casa Branca antes da data da posse – o que ainda não ocorreu.

Fonte: Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *