Com 630 novas mortes por Covid-19, Brasil passa de 170 mil no total

Já são dez dias seguidos de aumento significativo de óbitos. Estados como o Rio de Janeiro estão com explosão de 216% nas mortes.

O tradicional samba da Pedra do Sal, na Zona Portuária do Rio, atraiu uma multidão para as ruas estreitas da Gamboa, na noite desta segunda-feira (23), em plena pandemia. Foto: divulgação

O Brasil passou de 170 mil mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registradas 630 mortes, fazendo com o que o número tenha chegado a 170.115. Até ontem, o sistema marcava 169.183 falecimentos. Ainda há 2.202 mortes em investigação, este dado relativo a ontem (23).

Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 491, segundo o cálculo do consórcio da imprensa. A variação foi de +54% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid-19.

O balanço foi divulgado pelo Ministério da Saúde na noite desta segunda-feira (24). O órgão divulga a cada dia uma atualização a partir de informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde.

A pandemia já provocou também a infecção de 6.118.708 pessoas no Brasil desde o primeiro caso, em fevereiro. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde notificaram 31.100 novos diagnósticos positivos. Ontem, o sistema marcava 6.087.608 casos acumulados.

Ainda segundo a imprensa, a média móvel nos últimos 7 dias foi de 30.350 novos diagnósticos por dia, a maior marca desde 20 de setembro. Isso representa uma variação de +34% em relação aos casos registrados em duas semanas, e também indica tendência de alta.

Ainda conforme o balanço da pasta, há 472.575 pacientes em acompanhamento. Outras 5.476.018 pessoas já se recuperaram da doença.

Em geral, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais mortes pela covid-19 são São Paulo (41.455), Rio de Janeiro (22.141), Minas Gerais (9.804), Ceará (9.492), dado relativo a ontem, e Pernambuco (8.951). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (715), Roraima (721), Amapá (795), Tocantins (1.151) e Rondônia (1.529).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 24/11/2020

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 24/11/2020 – 24/11/2020/Divulgação/Ministério da Saúde

Os estados com os maiores índices de aceleração começam com o Mato Grosso do Sul (78%), São Paulo (97%) e Rio Grande do Sul (98%). Depois vem Minas Gerais (102%), Ceará (124%), Goiás (152%) e Rio de Janeiro com a explosão de 216% no índice de mortes. Amazonas, Santa Catarina e Espírito Santo têm aceleração mais baixa, próxima de 50%.

  • Subindo (10 estados): RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, MS, AM e CE
  • Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (10 estados + DF): DF, MT, PA, RO, BA, MA, PB, PE, PI, RN e SE
  • Em queda (6 estados): PR, AC, AP, RR, TO e AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *