Eleições 2020: TSE recomenda consulta prévia de local de votação

Segundo o tribunal, em razão da pandemia as pessoas devem ficar na rua o menor tempo possível.

Segundo turno acontece neste domingo (29) - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil

Os eleitores das 57 cidades que vão definir prefeitos e vice-prefeitos no segundo turno das eleições municipais de 2020, neste domingo (29), podem acessar o portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou consultar o aplicativo e-Título para saber com exatidão onde vão votar.

O TSE recomenda a consulta prévia, destacando que em razão da pandemia de Covid-19 as pessoas devem ficar o menor tempo possível nas ruas.

Para obter a informação no portal, basta clicar no banner “título” e, depois, clicar em “local de votação”. Depois, é possível fazer a consulta pelo nome ou pelo número do título. No primeiro caso, é preciso fornecer o nome completo, a data de nascimento e o nome da mãe. No segundo, é necessário ter em mãos o número do título e a data de nascimento. Ao fazer a consulta, o eleitor obterá o número de sua inscrição eleitoral, zona eleitoral e local com endereço completo.

Aplicativo

Já o aplicativo e-Título mostra o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, guia o usuário até sua seção eleitoral. A ferramenta pode ser baixada gratuitamente nas lojas virtuais App Store e Google Play.

Segundo o TSE, a habilitação das funcionalidades da plataforma estará disponível para download até as 23h59 deste sábado (28). A medida visa garantir que o usuário que precisa do serviço no domingo tenha uma melhor experiência. No domingo (29), só quem já tiver baixado o aplicativo poderá utilizar as funcionalidades. Será permitida apenas a atualização da versão. O funcionamento do app volta ao normal a partir de segunda-feira (30).

O e-Título serve como documento de identificação do eleitor caso ele já tenha feito o cadastramento biométrico. Isso porque a versão digital traz a foto do cidadão. Quem não tem o registro biométrico pode baixar o e-Título para saber onde votar, mas deverá apresentar um documento oficial com foto no momento da votação.

Redes sociais

Os seguidores do TSE no Facebook e no Twitter também podem verificar onde votar nas páginas oficiais do Tribunal: facebook.com/TSEJus e twitter.com/tsejusbr.

Nesses casos, o eleitor envia uma mensagem e interage com o assistente virtual (chat bot). Depois de perguntar o motivo da consulta, ele terá diante de si um passo a passo para obter a resposta.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *