Pandemia: Situação do Brasil é “muito preocupante”, diz OMS

“Gostaria que o Brasil levasse a situação a sério”, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde

A situação da pandemia do novo coronavírus é “muito, muito preocupante” no no Brasil, que deveria enfrentar seriamente a crise. O alerta foi dado nesta segunda-feira (30) pelo diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Gostaria que o Brasil levasse a situação a sério”, afirmou o representante da OMS, em coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça. “Os casos de 2 a 26 de novembro voltaram a dobrar e as mortes aumentaram significativamente também. A situação é muito, muito preocupante.”

Segundo Ghebreyesus, a pandemia de Covid-19 está evoluindo no País, onde quase 173 mil pessoas morreram e 6,3 milhões foram contaminadas. No ranking mundial, o Brasil ocupa a segunda posição entre as nações com mais vítimas e é o terceiro com mais casos da doença.

Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro nega a gravidade da crise sanitária e tem dado declarações polêmicas sobre a doença, além de incentivar aglomerações e muitas vezes não utilizar máscara de proteção, medidas que a OMS recomendou para evitar a propagação do vírus. Na semana passada, inclusive, o ele afirmou que não pretende se vacinar contra a Covid-19, quando uma imunização ficar disponível.

Com informações da Ansa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *