UFRJ celebra 100 anos com Lab Cultura Viva

ASSISTA! Já está no ar o projeto cultural com dez transmissões ao vivo, entre 7 e 11 de dezembro, com debates e apresentações de coletivos culturais do Rio de Janeiro: Slam das Minas RJ, Agência de Notícias das Favelas, Coletivo Cultural Jongo da Serrinha, Movimento de Compositores da Baixada Fluminense, Escola Livre de Palhaços e Associação Folia Carioca

Jongo da Serrinha e Slam das Minas foto Divulgação

No ano em que a UFRJ completa 100 anos, as conexões entre universidade e comunidade se ampliam e fortalecem, mesmo com as mudanças na rotina acadêmica e os novos formatos exigidos diante da pandemia do Novo Coronavírus. Como forma de compartilhar a partir da Internet essa rede de colaboração entre ações culturais comunitárias, entre os dias 7 e 11 de dezembro (segunda a sexta) será lançado o projeto LAB CULTURA VIVA.

A iniciativa é da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e terá uma programação de dez atrações, reunindo coletivos e manifestações culturais de diferentes territórios do Rio e região metropolitana. Dessa forma, o projeto promove por meio da extensão universitária a interação entre os saberes da cidade; a formação, o debate e a produção de arte e ativismo.

[LIVE] LANÇAMENTO DO LAB 📺

O LAB CULTURA VIVA terá início na segunda-feira, dia 7/12, às 18h30, com a participação do vice-reitor da UFRJ, professor Carlos Frederico; da pró-reitora de extensão, Ivana Bentes; da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e de grupos, organizações e coletivos culturais que são parceiro do projeto. A transmissão será realizada pelo canal da Pró Reitoria de Extensão da UFRJ no Youtube e pela sua página no Facebook. (ver abaixo programação completa)

O LAB é realizado a partir de recurso de emenda parlamentar da deputada Jandira Feghali, visando o fortalecimento das políticas de extensão universitária da UFRJ.

[+] SOBRE O LAB CULTURA VIVA 📡

Um laboratório da diversidade, dos muitos Rios dentro do Rio, da ecologia de conhecimentos que constroem a cidade em meio às suas criatividades e contradições. Essa é a natureza do LAB CULTURA VIVA – REDE DE AÇÕES CULTURAIS, que tem inspiração em experimentos de cultura em rede que têm se tornado referência no Brasil, América Latina e Espanha. O projeto é conduzido, a partir da UFRJ, em parceria com Slam das Minas RJ, Agência de Notícias das Favelas, Coletivo Cultural Jongo da Serrinha, Associação do Movimento de Compositores da Baixada Fluminense(AMC), Escola Livre de Palhaços e Associação Folia Carioca.

O LAB CULTURA VIVA prevê a realização de um circuito de atividades culturais diversas, como: eventos, ações de formação, ações e campanhas de comunicação, mídia e divulgação, desenvolvimento e produção de conteúdos para sites, plataformas, e redes sociais, além de fortalecer um processo de articulação destas iniciativas em rede, conectando e fomentando intercâmbios, parcerias e  trocas,  estimulando iniciativas de apoio e colaboração entre o público interno e externo da UFRJ.

Entre os temas que serão desenvolvidos no projeto estão: economias emergentes; tecnopolíticas e bem comum; redes e plataformas colaborativas de mídias; cidades e territórios inventivos; tecnologias e aplicativos do comum; formação em fluxo; consumo colaborativo e meio ambiente; mídia e diversidade; comunicação e cultura; direitos humanos; formação para as mídias.

Por meio da extensão universitária, o LAB vai permitir que estudantes da UFRJ utilizem seus conhecimentos da graduação e pós-graduação aplicados a projetos para a cidade e o estado do Rio de Janeiro que tenham como horizonte a cultura, o bem comum, a ampliação de direitos e a transformação social.

[PROGRAMAÇÃO]  LAB CULTURA VIVA NO AR 📲

07/12 (segunda-feira) 18h30 – Live de lançamento

Tema: Cultura, território e direitos: uma rede de ações culturais entre universidade e comunidade

Convidadas(os):

Professor Carlos Frederico (Vice Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ)

Ivana Bentes (Pró reitora de Extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ)

Jandira Feghali (Deputada Federal PCdoB RJ)

André Fernandes (Agência de Notícias das Favelas-ANF)

Lena (Associação Meritiense de Compositores-AMC)

Tom Brito (Coletivo Slam das Minas)

Richard Riguetti (Escola Livre de Palhaços-ESLIPA)

Biro (Folia Carioca – Associação Carioca de Blocos e Bandas)

Dyonne Boy (Jongo da Serrinha)

08/12 (terça-feira) 14h – Debate

Tema: Cultura e direito à cidade: pensando a ocupação cultural dos espaços públicos no Rio de Janeiro

Debatedoras(es):

Coletivo Slam das Minas

Escola Livre de Palhaços-ESLIPA

Folia Carioca – Associação Carioca de Blocos e Bandas

Professor(a) da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ

08/12 (terça-feira) – 20h – Live Jongo da Serrinha

No dia 8 de dezembro, dia em que a umbanda comemora o dia de Oxum, o Jongo da Serrinha fará sua comemoração on-line do centenário de Tia Maria do Jongo, matriarca que nos “deixou” ano passado. O encontro musical terá uma  hora de duração e será conduzido pelas cantoras do Jongo da Serrinha, Lazir Sinval (sobrinha-neta da Tia Maria) e Deli Monteiro que com seus canto e  tambores vão apresentar repertório que relembra a trajetória de Tia Maria, artista, jongueira, e fundadora do GRES Império Serrano. A live terá participações especiais de familiares e amigos de Tia Maria.

09/12 (quarta-feira) 20h- Live Associação Meritiense de Compositores-AMC

Uma apresentação de 30 minutos do que é o projeto Escola de Música da Associação Meritiense de Compositores. A live apresenta os professores da Escola, todos formados no próprio projeto, as aulas, grupos de alunos tocando, o grupo “Sala e Quintal da AMC”, imagens da Roda de Feijão, que recebe em seu quintal  nomes como Monarco, Marcos Sacramento, Nilze Carvalho, Nelson Sargento, Áurea Martins, Daniela Spielmann, Silvério Pontes, Zé da Velha, Wilson Moreira, Moacyr Luz e Odete Ernest Dias.

09/12 (quarta-feira) – 20h – Live Folia Carioca apresenta Cantos e Contos

A live terá o formato de uma Roda Cultural, de sambas e marchinhas tradicionais, intercaladas com poesias e contos históricos sobre o Carnaval Carioca. Dessa forma, realizará um encontro cultural de marchinhas e sambas enredos históricos, contando a história do Rio de Janeiro através de fatos históricos do carnaval carioca. Além disso, a apresentação inclui homenagem especial a Ângela Nenzy e Wilson Moreira, personagens da cena cultural da fola carioca.

Convidadas(os):

Marcelo Santos

Carla Wedling

Rodrigo Carvalho

Paulão 7 Cordas

Henrique Sousa

Sérgio Correa.

09/12 (quarta-feira) -14h – h Debate

Tema: Nossas Vidas Importam: Direitos Culturais e Direitos humanos na cidade do Rio de Janeiro

Debatedoras(es):

Coletivo Slam das Minas

Agência de Notícias das Favelas-ANF

Jongo da Serrinha

Professor(a) da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ

10/12 (quinta-feira) – 18h – Live Agência de Notícias das Favelas-ANF

A live de apresentação da ANF – Agência de Notícias das Favelas será realizada em formato de mesa com 6 convidados entre eles parlamentares, comunicadores comunitários, artistas e pensadores falando sobre  como a cultura e os direitos humanos para a população das favelas. A mesa será conduzida por André Fernandes, jornalista e fundador da ANF – Agência de Notícias das Favelas, que relatará a trajetória da ANF as ações do grupo diante da pandemia A live terá duração de 1 hora e será realizada no dia 10 de dezembro, às 18h, pelo canal do Youtube da ANF – Agência de Notícias das Favelas – https://www.youtube.com/user/NOTICIASFAVELAS

10/12 (quinta-feira) -20h –  Live Instituto Cultural Escola Livre de Palhaço-ESLIPA

O Instituto Cultural Escola Livre de Palhaço – ESLIPA vai celebrar no dia 10 de dezembro, o Dia Nacional do Palhaço, data que homenageia o nascimento do palhaço Piolin, considerado ícone como ator pelos Modernistas, durante a Semana de Arte Moderna. O encontro celebrativo contará com a presença de palhaços e palhaças de diversas regiões do Brasil, pesquisadores e pesquisadoras da linguagem, brincantes e ex alunos da ESLIPA, será transmitido pela plataforma digital e terá a duração de 1 hora.

11/12 (sexta-feira) 14h – Debate

Tema: Arte e memória, tradição e invenção: saberes e fazeres culturais comunitários

Debatedoras(es):

Escola Livre de Palhaços-ESLIPA

Jongo da Serrinha

Mestra/mestre convidada(o)

Professor(a) da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ

11/12 (sexta-feira) – 20h – Live Slam  das  Minas  RJ

Neste encontro online com a coletiva Slam das Minas,  Débora  Ambrósia, Gênesis,  Tom  Grito,  Lian  Tai,  Andrea  Bak,  Moto  Tai,  Rejane  Barcellos  e  DJ  Bieta irão contar um pouco de sua prática  de pesquisa,  atuação artística  e planos de  projetos  sociais futuros em parceria com a Rede de Cultura e a Pró reitoria de Extensão da UFRJ.  Além disso, o encontro terá questões contemporâneas que atravessam seu fazer e pensar artístico, intercaladas com performances poéticas. A live terá uma hora de duração e acontecerá no Facebook e YouTube do Slam das Minas no dia 11 de dezembro às 20h.

[PARCERIAS] QUEM É QUEM NO LAB ✊

• Centro Cultural Jongo da Serrinha

O Centro Cultural Jongo da Serrinha é um espaço dedicado à memória e continuidade de 6 décadas de existência desta manifestação cultural na comunidade de Madureira. O Jongo da Serrinha, reflexo da afirmação da tradição negra e popular no Rio de Janeiro, é referência nacional e internacional de preservação do patrimônio imaterial brasileiro.

• Coletivo Slam das Minas RJ

O Slam das Minas RJ é um coletivo poético formado em maio de 2017 que possui saber multidisciplinar (corpo, voz e performance) na produção literária, em especial na poesia falada, que desenvolve projetos nas áreas de educação, cultura, sustentabilidade, arte, comunicação, dentre outros. É uma brincadeira lúdico poética para desenvolvimento da potência artística de mulheres (sejam heteras, bis, pans, lésbicas, trans ,pessoas queer,não bináries, etc).

• Escola de Música da AMC

A Associação do Movimento Compositores da Baixada Fluminense surge no final de 1991, por iniciativa de camelôs, metalúrgicos, pintores, serventes, professores, entre outros trabalhadores da Baixada Fluminense, que de forma não profissional atuavam também como músicos, compositores e poetas. Para conhecer, unir e valorizar cada um desses talentos, encontros regulares culminaram formação da AMC. A Escola de Música da AMC se desenvolve em São João de Meriti, voltando o atendimento à população de baixa renda enfrenta problemas diários na luta pela sobrevivência, sendo as crianças e jovens diretamente afetados.

• Escola Livre de Palhaços (ESLIPA)

A ESLIPA é um espaço de formação na arte do palhaço, voltado para artistas de várias regiões do Brasil e exterior, interessados em estudar, pesquisar e praticar a arte e o ofício do palhaço. Com o propósito de elaborar um programa inovador e criativo que permita uma elevada percepção estética e uma renovação qualificada da cena, através de um amplo vocabulário cênico, e ao mesmo tempo, a compreensão do conjunto de saberes específicos da formação dos palhaços, a ESLIPA conta com importantes profissionais de Circo, Teatro e Música para ministrar as oficinas, buscando ampliar o leque de linguagens artísticas dessa área.

• Associação Folia Carioca

Criada em agosto de 2009 por representantes de Blocos e Bandas carnavalescas da cidade do Rio de janeiro, a Associação Carioca de Blocos e Bandas – Folia Carioca, nasce da necessidade de organização coletiva para a preservação e promoção do Carnaval de Rua como Patrimônio Cultural imaterial da cidade.

• Agência de Notícias das Favelas

A Agência de Notícias das Favelas (ANF) fundada em 2001, tem como missão apoiar e desenvolver a comunicação comunitária, estimulando a integração e a troca de informações entre as favelas. A ANF contribui de maneira decisiva para a democratização da comunicação, da informação e a melhoria das condições de vida da população das favelas.

[SERVIÇO]

Lançamento Lab Cultura Viva

07 a 11 de dezembro

Debates, lives e apresentações culturais

Mídia: Canal da Pró Reitoria de Extensão da UFRJ no Youtube e sua página no Facebook.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *