Confiança na economia mantém tendência de queda em dezembro

Risco de segunda onda de contaminação, fim dos benefícios emergenciais, dificuldades do mercado de trabalho e inflação causam pessimismo, avalia FGV.

Empresários e consumidores estão pessimistas - Foto: Fernando Vivas/Governo da Bahia

A confiança de empresários e consumidores na economia mantém tendência de queda em dezembro, segundo a prévia das Sondagens do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Conforme dados coletados até a última sexta-feira (11), a sinalização para dezembro é de queda da confiança na economia pelo terceiro mês consecutivo.

Comparados ao número final de novembro, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) recuou 1,7 ponto, para 93,9 pontos; enquanto o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 4,1 pontos, para 77,6 pontos, menor valor desde junho de 2020.

Segundo Viviane Seda Bittencourt, coordenadora das Sondagens FGV/Ibre, a mudança de humor é influenciada pela piora de expectativas diante do maior risco de uma segunda onda de contaminação da Covid-19, além do iminente fim dos benefícios emergenciais e dificuldades do mercado de trabalho. Além disso, entre os consumidores de renda mais baixa há ainda preocupação com a aceleração da inflação. Viviane destaca também que as notícias relativas à vacinação são consideradas “insuficientes” para garantir uma data certa para o fim da crise.

A FGV registrou ainda uma piora da percepção sobre o momento atual e das perspectivas em relação aos próximos meses. O Índice de Situação Atual dos Empresários (ISA-E) recuou de 0,9 ponto, para 97,1 pontos, após sete meses consecutivos de alta e o Índice de Expectativas Empresarial (IE-E) caiu pelo terceiro mês consecutivo, agora em 2,1 pontos, para 92,5 pontos.

Para os consumidores, o índice que mede a percepção atual (ISA-C) recuou 2,5 pontos, para 69,3 pontos e, o índice que capta as perspectivas para os próximos meses (IE-C) caiu 5,1 pontos, para 84,2 pontos.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.