Covid-19: Brasil tem 6,92 milhões de casos e 181,8 mil mortes

Brasil terminou a semana epidemiológica 50 com média de 650 mortes diárias e crescimento constante, há onze dias.

A enfermeira Sandra Lindsay é a primeira a receber vacina contra a Covid-19 em Nova York (Scott Heins / Gabinete do Governador Andrew M. Cuomo)

O total de casos de covid-19 desde o início da pandemia chegaram a 6.927.145. Nas últimas 24 horas, foram registrados 25.193 novos diagnósticos positivos da doença. Ontem, o painel do ministério trazia 6.901.952 casos acumulados. 

Segundo cálculo do consórcio da imprensa, a média móvel nos últimos 7 dias foi de 43.049 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +13% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica estabilidade nos diagnósticos.

Contágios voltaram ao pico de casos do início de agosto com 43 mil novos doentes por dia

A pandemia também tirou até o momento 181.835 vidas. Entre ontem e hoje, foram acrescentados às estatísticas 433 novas mortes. Ontem, o sistema de dados do Ministério da Saúde sobre a covid-19 trazia 181.402 óbitos. Ainda há 2.389 falecimentos em investigação.  

Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 651 — valor mais alto desde seis de outubro. A variação foi de +24% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Média de mortes voltou ao patamar do início de outubro com cerca de 650 óbitos diários

Conforme o balanço, 6.016.085 pessoas já se recuperaram da doença. Há 729.225 pacientes em acompanhamento.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (14). A atualização reúne informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Normalmente, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Estados

A lista dos estados com mais mortes pela covid-19 é encabeçada por São Paulo (44.005), Rio de Janeiro (23.740), Minas Gerais (10.711), Ceará (9.786) e Pernambuco (9.299). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (753), Roraima (755), Amapá (854), Tocantins (1.203) e Rondônia (1.645).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 14/12/2020
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 14/12/2020 – 14/12/2020/Divulgação/Ministério da Saúde

Entre as regiões, o Nordeste (13%) e o Norte (4%) tiveram estabilidade. As demais apresentaram aceleração: Centro-Oeste (52%), Sudeste (23%) e Sul (30%).

  • Subindo (18 estados + o DF): PR, RS, SC, ES, MG, SP, DF, MS, MT, AC, AP, PA, RR, TO, AL, BA, PB, PE e RN
  • Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (5 estados): RJ, GO, RO, PI e SE
  • Em queda (3 estados): AM, CE e MA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.