Flávio Dino diz que falta planejamento do governo Bolsonaro para vacinação

Após o ministro do STF Ricardo Lewandowski determinar no domingo (13) um prazo de 48 horas para que o Ministro da Saúde informe o início e término da vacinação, a pasta diz que isso só será possível depois da aprovação de alguma vacina pela Anivsa

(Foto: Divulgação)

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), diz que a alegação do governo Bolsonaro de que não pode informar uma data para início da vacinação contra Covid-19 é uma prova de “deficiência de planejamento e indevida inércia”.

 “A afirmação do Governo Federal de que não pode informar data para início da vacinação contra o coronavírus prova a deficiência de planejamento e indevida inércia. Por uma razão simples: outros países já começaram a aplicar vacinas. Por que não o Brasil?”, questionou o governador no Twitter.

Após o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinar no domingo (13) um prazo de 48 horas para que o Ministro da Saúde informe o início e término da vacinação, a pasta diz que isso só será possível depois da aprovação de alguma vacina pela Anivsa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *