PT vai atuar pela unidade da oposição nas eleições na Câmara e Senado

A presidenta nacional da sigla, deputada Gleisi Hoffmann diz que o partido quer discutir compromisso com uma agenda mínima contra retrocessos no campo dos direitos e da pauta econômica para o país

Gleisi Hoffmann - Karol Santos

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), diz que a sigla vai trabalhar para construir a unidade com os partidos de oposição nas eleições para as mesas diretoras da Câmara e do Senado. Segundo ela, o partido vai discutir com PCdoB, PSB, PDT, PSOL e Rede o compromisso com uma agenda mínima contra retrocessos no campo dos direitos e da pauta econômica para o país

Na última sexta-feira (11), em reunião da CEN (Comissão Executiva Nacional) e parlamentares da Câmara e do Senado, o PT também decidiu que vai trabalhar pelo cumprimento da proporcionalidade entre os partidos na ocupação dos espaços de direção e comissões nas Casas do Congresso e nas relatorias das matérias legislativas.

“As bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal conduzirão o processo nas respectivas Casas com acompanhamento da direção nacional do Partido, sob coordenação dos líderes das bancadas, da presidenta nacional, do secretário-geral e mais três membros dirigentes”, diz a nota da sigla.

Nas eleições para a Câmara, Bolsonaro apoia o líder do centrão, Arthur Lira (PP-AL). O grupo do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai lançar um candidato e quer o apoio da oposição.

Autor

Um comentario para "PT vai atuar pela unidade da oposição nas eleições na Câmara e Senado"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *