STF dá prazo de 48h para Pazuello informar início e fim de vacinação

No sábado (12), o Supremo divulgou que recebeu um plano do governo, mas sem os detalhes requeridos

Ministro Ricardo Lewandowski - Foto: Carlos Moura/ SCO/ STF

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski deu um prazo de 48 horas para que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informe o início e término da vacinação contra Covid-19. No sábado (12), o Supremo divulgou que recebeu um plano do governo, mas sem os detalhes requeridos. As informações são do UOL.

O plano só foi apresentado após muita pressão da sociedade e dos parlamentares de oposição no Congresso Nacional.

“Intime-se o Senhor Ministro de Estado da Saúde para que esclareça, em 48 (quarenta e oito) horas, qual a previsão de início e término do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid – 19, inclusive de suas distintas fases”, escreveu o ministro em seu despacho, que é endereçado também à Advocacia-Geral da União. Em nota, o Ministério da Saúde informou que aguarda ser notificado para responder em tempo solicitado.

Lewandowski é relator de ações em que partidos políticos pedem que o Supremo obrigue o governo federal a elaborar e divulgar um plano de vacinação. Após receber a resposta, o STF retirou da pauta o julgamento das ações, que deveria ocorrer na quinta-feira (17).

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *