Covid-19: país tem 42,8 mil novos casos e 964 novas mortes registradas

A média diária de mortes está em 667 e a média de casos em 42.620, o que aproxima a curva epidemiológica dos patamares de pico anteriores a setembro.

Com o avanço dramático da pandemia no país, Bolsonaro garante evento diários com milhares de pessoas se aglomerando, como nesta visita à CEAGESP. Foto: Alan Santos/PR

Boletim divulgado hoje (15) pelo Ministério da Saúde mostra que foram registradas 42.889 novas infecções por Covid-19 e 964 mortes pela doença em todo o país desde ontem. 

Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 667 — valor mais alto desde 2 de outubro, quando a média foi de 675. Segundo o cálculo do consórcio da imprensa, a variação foi de +25% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença. O país já acumula 12 dias de alta na média móvel de mortes.

Em relação ao número de casos, o patamar ficou abaixo da média da última semana, com mais de 50 mil novos diagnósticos positivos em quatro dias. Pelo cálculo da imprensa, a média móvel nos últimos 7 dias foi de 42.620 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +11% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Desde o início da pandemia, 6.970.034 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus. Ontem, as estatísticas do ministério marcavam 6.927.145 casos acumulados. Neste ritmo, o Brasil pode bater os 7 milhões de casos acumulados ainda nesta semana.

Com as quase mil novas mortes registradas por covid-19 desde ontem, o número de óbito totalizou 182.799. Ainda há 2.394 mortes em investigação. 

Conforme a atualização do órgão, há 719.373 pacientes em acompanhamento. No total, 6.067.862 pessoas se recuperaram da doença.

Normalmente, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Estados

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 15/12/2020 – 15/12/2020/Divulgação/Ministério da Saúde

A lista dos estados com mais mortes pela covid-19 é encabeçada por São Paulo (44.282), Rio de Janeiro (23.887), Minas Gerais (10.719), Ceará (9.802) e Pernambuco (9.324). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (755), Roraima (761), Amapá (854), Tocantins (1.206) e Rondônia (1.655).

O Ministério da Saúde informou que o governo do Amapá teve dificuldades na alimentação, não conseguindo atualizar seus dados, razão pela qual o número no balanço permaneceu igual ao de ontem.

Dezoito estados mais o Distrito Federal apresentaram tendência de alta na média móvel de mortes. Entre quarta e quinta da semana passada, o país registrou o maior número de estados em alta desde o início do cálculo pelo consórcio: 21.

Três estados apresentaram queda na média e outros cinco mantiveram estabilidade. Entre as regiões, apenas o Norte (2%) teve estabilidade. As demais apresentaram aceleração: Centro-Oeste (45%), Nordeste (19%), Sudeste (23%) e Sul (35%).

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.