Em defesa da vida, CTB exige Vacinação Já

“Corremos o risco de ficar no fim da fila da vacinação e o preço será pago em vidas humanas”, alerta a central em resolução de fim de ano.

Foto: Divulgação

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) realizou sua última reunião do ano e aprovou uma resolução política em que critica a inação e o negacionismo do governo Bolsonaro em meio à crise sanitária e lança uma campanha pela vacinação dos brasileiros.

“Corremos o risco de ficar no fim da fila da vacinação e o preço será pago em vidas humanas. A conduta insana do líder da extrema direita brasileira desperta forte indignação em amplos setores da sociedade brasileira, que se mobilizam em todo o território nacional para exigir Vacinação Já!”, afirma o documento, que também faz uma análise do cenário político.

“Embora desgastado, Bolsonaro e o bolsonarismo ainda contam com uma base política e social apreciável e que não deve ser subestimada. Além disto, o capitão reformado fez uma repactuação com o Centrão e agora entrou na disputa pela presidência da Câmara Federal. É preciso observar ainda que a política de restauração neoliberal está em sintonia com os interesses das classes dominantes e tem amplo respaldo no seio da grande burguesia nacional e estrangeira”, alerta a resolução, que pede “ampla mobilização” contra a política do Estado mínimo.

“Sem a ampla mobilização da classe trabalhadora e do conjunto das forças democráticas e populares não será possível evitar novos retrocessos. Devemos intensificar as lutas em defesa dos interesses e direitos da classe trabalhadora, do patrimônio público e contra as privatizações e a reforma administrativa de Paulo Guedes”, diz o documento.

Confira aqui a íntegra.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *