Luciana Santos: “Imunização não pode ser só para quem pode pagar”

A presidenta do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco se manifestou sobre informação de que setor privado negocia 5 milhões de doses de vacina indiana.

(Foto: Reprodução)

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, se manifestou, em suas redes sociais nesta segunda-feira (4) sobre a notícia de que a Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) negocia com o laboratório indiano Bharat Biotech a compra de cinco milhões de doses de da vacina Covaxin contra a Covid-19. O anúncio foi feito pela entidade neste domingo (3).

“Assistimos ao anúncio de que clínicas privadas vão comprar 5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19. A imunização não pode ser só para quem pode pagar. Ela tem que ser gratuita, distribuída pelo SUS, priorizando quem mais precisa, não quem tem dinheiro”, disse Luciana.

Vários países já iniciaram o processo de vacinação de suas populações. Já o governo Bolsonaro continua sem definição sobre o início do plano nacional de imunização via SUS e sequer consegue resolver os problemas relativos à falta de itens básicos para a vacinação, como seringas e agulhas.

Fonte: Portal PCdoB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.