Veja mais imagens das carreatas pelo impeachment de Bolsonaro

Carreatas, atos e até protestos em bicicletas foram realizados em capitais e cidades do interior para mostrar a insatisfação popular com o governo de Jair Bolsonaro.

Carreata Fora Bolsonaro em São Paulo

“Fora, Bolsonaro” foi o grito mais ouvido nas ruas, confirmando a queda de popularidade do atual presidente e a urgência do Congresso Nacional pautar o pedido de impeachment. A mobilização de carros em buzinaços, bicicletaços e panelaços também exigia garantia de vacinação para todos, auxilio emergencial e emprego.

Em balanço preliminar das centrais sindicais, movimentos e partidos, As carreatas começaram, logo cedo, no sábado (23), em 87 cidades, incluindo 24 capitais e o Distrito Federal, avançando durante o dia para centenas de outras cidades até o final do dia. Nas maiores capitais, as carreatas surpreenderam com mais de mil carros em mobilizações que ocuparam as avenidas por horas.

Em Porto Velho, João Pessoa, Macapá, Rio Branco, Palmas e Boa Vista, os atos foram menores, mas também marcaram presença com buzinaços e gritos contra o presidente.  Em algumas cidades, as carreatas foram acompanhadas por mobilizações de bicicletas e outros eventos virtuais e simbólicos.

A manifestação em forma de carreata se deve à orientação dos organizadores, em respeito às regras de proteção sanitária. O protesto foi convocado pelos partidos de oposição, pelas frentes Brasil Sem Medo e Brasil Popular, CUT, CTB, e demais centrais sindicais e entidades do movimento popular. Mesmo setores do “centro” insatisfeitos com o presidente, como o movimento Acredito participaram. No domingo, grupos mais à direita, como MBL e VemPraRua, devem fazer suas próprias carreatas.

O pedido de impeachment de Bolsonaro marcou as manifestações em todas as capitais e cidades, expressando o crescente descontentamento da população com o atual presidente. “Fora, Bolsonaro” foi o grito mais ouvido nas ruas, confirmando a queda de popularidade do atual presidente e a urgência do Congresso Nacional pautar o pedido de impeachment.

A reação popular confirmou pesquisa do Datafolha divulgada na sexta-feira (22) apontando a queda de popularidades de Bolsonaro. De acordo com a pesquisa, a minoria que considerava o governo bom ou ótimo está ainda menor. Caiu de 37% para 31%. A queda é a maior desde o início do governo de Bolsonaro.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *