Saúde entregou menos da metade das vacinas prometidas em março

O número de doses também deve ficar abaixo do prometido em abril. A estimativa oficial é 47,3 milhões, mas o ministro Marcelo Queiroga já estimou que devem ser enviadas apenas 25,5 milhões

Fotos: Alejandra De Lucca V. / Minsal

O Ministério da Saúde entregou aos estados menos da metade das doses de vacina contra a Covid-19 prometidas em março. A informação está em reportagem publicada nesta sexta-feira (2) no jornal O Globo. Segundo dados do portal Localiza SUS, a pasta distribuiu 20.321.310 doses aos estados. No entanto, em 17 de fevereiro, o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, havia prometido 46.033.200 doses para o mês.

A reportagem destaca que o número de doses distribuídas também deve ficar abaixo do prometido em abril. A estimativa oficial mais recente é de 47,3 milhões de doses, mas o novo ministro, Marcelo Queiroga, já estimou que devem ser enviadas apenas 25,5 milhões.

A justificativa do Ministério da Saúde é que o o cronograma é apenas uma previsão e está sujeito a alteração a depender dos laboratórios. Especialistas na área indicam, no entanto, que o erro da pasta foi justamente não diversificar o número de fornecedoras para minimizar os riscos impostos por incidentes na produção.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.