“Incoerente” e “mentiu”: veja reações a Bolsonaro na Cúpula do Clima

O discurso de Jair Bolsonaro em evento organizado por Biden é o assunto do dia nas redes sociais

Jair Bolsonaro - Foto: Marcos Corrêa/PR

A Cúpula do Clima e o discurso de Jair Bolsonaro, que citou ações de governos anteriores para dizer que o Brasil protege o meio ambiente, são o assunto do dia nas redes sociais e repercutiram no mundo político. Discurso descolado da realidade, mentira, vergonha são algumas das formas como foi classificada a participação do chefe de Estado brasileiro, um dos últimos a discursar no evento.

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede), afirmou que Bolsonaro mentiu. “Bolsonaro mente quando fala que fortaleceu os órgãos de proteção ambiental e ainda faz falsas promessas: dobrar orçamento para fiscalização, enquanto destrói o Ibama, impede fiscais, favorece criminosos ambientais e o MMA tem o menor orçamento dos últimos 21 anos”, disse em sua conta no Twitter.

A ex-ministra também afirmou que Bolsonaro estava “defensivo e acuado diante da torrente de evidências que pesam contra sua gestão necroambiental”. “Foi vergonhoso o presidente passar quase metade de sua fala pedindo ao mundo dinheiro por conquistas ambientais anteriores, que seu governo tenta há dois anos destruir. Enquanto os demais países apresentam metas ousadas, o governo mira o retrovisor”, concluiu.

Pária mundial”

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que o discurso foi incoerente com a realidade e não anunciou medidas imediatas. “Faltam ações que deem amparo às palavras. Basta ver a situação absurda do Fundo Amazônia, paralisado desde 2019. Os minutos que Bolsonaro usou na Cúpula de Líderes deviam ter sido destinados ao anúncio de medidas imediatas e a reforçar propostas concretas, a exemplo do mecanismo REDD+, com garantia de recursos para comunidades tradicionais e povos originários. Além de um Green Deal brasileiro”, avaliou.

Dino também destacou o fato de Bolsonaro ter sido um dos últimos líderes a discursar e de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não ter ficado para ouvir a fala do brasileiro. “Ou seja, a esdrúxula diplomacia do Brasil como ‘pária mundial’ foi bem-sucedida. Lamento muito. Haveremos de recuperar o nosso protagonismo global”, disse.

O ex-presidenciável Fernando Haddad (PT), foi econômico nas palavras. Disse que “Bolsonaro envergonha o Brasil todos os dias, em todas as frentes”.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *