Um presidente para os de fora

.

Ilustração: Aroeira

O servilismo de Bolsonaro aos Estados Unidos não tem precedentes na história. Antes o Brasil era respeitado por sua conduta altiva e independente, mas agora virou um puxadinho dos Estados Unidos. Dois episódios recentes mostram, mais uma vez, como age esse presidente, que bate continência para a bandeira norte-americana. A eleição de um preposto de Donald Trump para a presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a liberação da tarifa de importância de etanol, prejudicando os produtores brasileiros.

As opiniões expostas neste artigo não refletem necessariamente a opinião do Portal Vermelho
Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *