A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Altamiro Borges

 Jornalista e presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé.
WhatsApp e o Caixa-2 de Bolsonaro

Já se sabia que a eleição deste ano, em um país destroçado por um golpe de Estado, tinha o novo e perigoso componente da guerra cibernética. Agora, porém, o fato ganha contornos ainda mais nítidos e alarmantes.

Bolsonaro, o fujão, confessa a covardia

O fascistoide Jair Bolsonaro, que adora posar de valentão, pode sair da campanha eleitoral com a fama de covarde, de fujão.

Regina Duarte, a namoradinha dos fascistas

Atriz da TV Globo desde 1969, Regina Duarte já protagonizou várias novelas e ganhou o apelido de “namoradinha do Brasil” em 1971, em plena ditadura do general Emílio Garrastazu Médici.

Mídia já se prepara para o segundo turno

A mídia monopolista foi a principal protagonista do golpe que depôs a presidenta Dilma Rousseff e levou ao poder a quadrilha de Michel Temer. O criminoso impeachment não tinha nada a ver com as tais pedaladas fiscais – que já foram esquecidas – ou com as denúncias de corrupção feitas pelo presidiário Eduardo Cunha e por outros moralistas sem moral.

Globo sabota campanha de vacinação. É crime!

Na semana passada, o jornal Folha de S.Paulo fez uma denúncia gravíssima contra a TV Globo. Segundo a matéria, assinada pelo repórter Fábio Fabrini, ela se negou a exibir a campanha nacional de vacinação infantil contra o sarampo e a poliomielite apenas porque a peça publicitária exibiu uma artista, Xuxa, de outra rede.

Datafolha desnorteia a mídia golpista 

 Não dá para confiar muito nos institutos de pesquisas. “Datafalha”, “Globope” e outros têm interesses políticos e comerciais/mercenários e usam as sondagens para obter vantagens. Apesar dessa ressalva, é inquestionável que as duas últimas pesquisas do Datafolha, divulgadas nesta semana, deixaram a mídia monopolista meio desnorteada. Ela teme cada vez mais o resultados das urnas em outubro. Três informações do Datafolha explicam esse desespero,

Grupo Abril está falido: ‘Veja’ vai acabar?

Nesta quarta-feira (15), o Grupo Abril, que edita várias revistas – entre elas, a asquerosa Veja –, ingressou com um pedido de recuperação judicial. A solicitação é quase um atestado de falência. Caso não consiga novos empréstimos para refinanciar as suas dívidas bilionárias – que já somam R$ 1,6 bilhão –, a empresa pode fechar. Na semana passada, mais de 800 profissionais foram demitidos.

Esporte Interativo e a hegemonia da Globo

Nesta quinta-feira (09), a empresa estadunidense Turner anunciou o fechamento dos canais do Esporte Interativo e a demissão de cerca de 250 profissionais no Brasil. Em comunicado lacônico, que revela o desprezo patronal diante da situação angustiante dos trabalhadores, o império midiático informou que “nós do Esporte Interativo/Turner, agora uma afiliada AT&T, anunciamos hoje que estamos migrando a nossa programação de TV com o futebol nacional e internacional para as marcas TNT e Space…

O falso purismo de Marina Silva

Entrevistada pela bancada tucana da GloboNews nesta terça-feira (31), a ex-verde Marina Silva, que só ressuscita em períodos de campanha eleitoral, voltou a posar de puritana.

O Brasil afunda e os bancos lucram

O maior banco privado do país, o Itaú-Unibanco, informou nesta semana que segue tendo lucros astronômicos, enquanto o Brasil afunda na crise econômica. No primeiro semestre deste ano, a instituição financeira – uma das que apoiou ativamente o golpe do impeachment que alçou ao poder a quadrilha de Michel Temer – lucrou R$ 12,8 bilhões.

Meirelles e Álvaro Dias também vão dançar?

A direita nativa – que a mídia venal carinhosamente chama de centro – tem feito um enorme esforço, inclusive financeiro, para se unificar com vistas às eleições presidenciais deste ano. Até agora, o nome ungido para representar este campo é o do “picolé de chuchu” Geraldo Alckmin.

Sergio Moro: das férias ao cadafalso

As atrocidades jurídicas cometidas por Sergio Moro seguem tendo todo o respaldo da mídia falsamente moralista, que guindou o “juizeco” de primeira instância à posição de “herói nacional” na obsessiva cruzada contra Lula e as forças de esquerda no país.

1 9 10 11 12