A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Ana Maria Prestes

Ana Maria Prestes é Doutora em Ciência Política pela UFMG. Membro do Comitê Central do PCdoB.
Quem vai presidir o Peru?

.

Paris e o baile dos retrocessos inadiáveis

Na Paris da sexta-feira 13, novembro de 2015, reabriram-se os portões do baile de máscaras do jovem século 21. Sobre o tapete vermelho manchado de sangue, dançam bêbados equilibristas. São os líderes europeus desconcertados com seus próprios fracassos, anfitriões dos retrocessos inadiáveis.

Cuba: um bloqueio ilegítimo

No dia de ontem, 27 de outubro de 2015, 191 países membros das Nações Unidas votaram pelo fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro a Cuba. Nenhum país se absteve. Dois países votaram contra: Estados Unidos e Israel.

Embarcações da Morte

No último sábado 19 de abril, uma embarcação de aproximadamente 30 metros de comprimento, absolutamente lotada de imigrantes africanos, naufragou a cerca de 140 quilômetros da costa da Líbia. Estima-se que 800 pessoas estejam mortas, segundo a ONU.

Luta de Classes ganha a cena política através do PL das Terceirizações

O primeiro trimestre de 2015 foi marcado por um ambiente político e social tenso e conflagrado. O terceiro turno eleitoral parecia ter se instalado à revelia da posse presidencial e do início dos trabalhos do novo governo.

25 anos sem Prestes

Há 25 anos atrás, no mês de março de 1990, Luiz Carlos Prestes nos deixou. Por ter sido um homem tão forte em seu tempo, seus pensamentos e suas ações ainda reverberam entre nós. Ele viveu plenamente todas as fases de um conturbado século 20 no Brasil e no mundo, desde o movimento tenentista dos anos 20 à redemocratização dos anos 80, passando por golpes, prisões, divergências, conjunções internacionais, ditaduras, tentativas de revolução.

Peculiaridades que nos farão lembrar das Eleições 2014.

Alguns fatos e características nos farão lembrar pra sempre destas eleições. Seguem pontuadas algumas que considero interessantes.

O que junho (2013) prescreveu para setembro (2014)?

Pegue um monte de jovens inteligentes, conectados e bem intencionados moradores dos grandes centros urbanos do Brasil.

Carta a um jovem guerrilheiro

No último mês de abril, estive no Tocantins para apresentar um pouco da obra de Luiz Carlos Prestes e debater com a juventude da UJS o legado da Coluna Prestes no contexto de uma região do país que também abrigou a Guerrilha do Araguaia, igualmente homenageada por nós durante o encontro*.

O fator “humano” na Guerrilha do Araguaia

Durante os cinco dias da Caravana das Lutas que Construíram o Brasil – da Coluna Prestes à Guerrilha do Araguaia*, ocorrida no Tocantins/Sul do Pará de 16 a 21 de abril de 2014, uma das coisas que mais nos impressionou foi a evidência do “fator humano” nos relatos dos camponeses da região que conviveram com os guerrilheiros. Constatamos in loco que a memória afetiva é implacável. 40px;">

25 de abril sempre! Os 40 anos da Revolução dos Cravos

Naquele 25 de abril de 1974 o Brasil amargava 10 anos de ditadura militar. Como bem disse Chico Buarque na canção “Tanto Mar”:

Os 50 anos do Golpe Militar e os 90 anos da Coluna Prestes

Por algum motivo, as datas redondas nos ajudam nas reflexões. Fazem-nos vislumbrar a história em perspectiva, com alguma noção de onde estamos em relação a onde já estivemos na linha de desenvolvimento das sociedades humanas.