A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Elias Jabbour

Doutor e Mestre em Geografia Humana (FFLCH-USP). Professor Adjunto da FCE/UERJ. Membro do Comitê Central do PCdoB.
O que vem a ser a chamada “etapa primária do socialismo”?

Atualmente os chineses são os que mais elaboram, ou melhor, desenvolvem o marxismo. Não se trata de nenhuma surpresa, afinal diuturnamente as demandas de uma nação controlada por comunistas impõem soluções rápidas. Mais, as especificidades da formação

A cristalização de uma transição?

Não se trata de replicar a propalada que alude a existência de condições reais de retomada do crescimento por conta de uma suposta “arrumação da casa”. Não, não se trata disso. Estou tratando de condições objetivas que foram criadas à retomada do projeto

Algo sobre inflação e investimento

Ignácio Rangel e suas publicações – em destaque “A Inflação Brasileira” – o coloca no devido altar do mais completo pensador econômico de nosso país. Afinal, foi o único pensador no campo do marxismo a expor as incongruencias de uma chamada inflação po

O desenvolvimento como questão nacional

A ciência, no sentido strictu sensu do termo, deve ser o instrumento pelo qual se busca a melhor compreensão das relações que norteiam a atividade humana, logo não deve se apreender ao estudo de “coisas”, o que pode redundar na “coisificação”, qu

Alckmin e a promessa de “crescimento chinês”

Está virando moda em tempos de campanha eleitoral a veiculação de promessas seguidas de assertivas que impedem a realização das mesmas. A última delas em meio a cada vez mais clara e acachapante derrota que deve ser imposta ao

O agronegócio e o direitismo da “esquerda”

Não é de hoje que tenho ocupado meu espaço, quase semanal, neste portal para polemizar acerca de verdades absolutas introduzidas no seio do movimento que se diz revolucionário no Brasil.

Os entulhos e a “burguesia associada”
A “deixa” para escrever este texto veio a partir de declarações feitas na última sexta-feira em Betim (MG) pelo presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, para qual existe “a necessidade de se remover os en

Monarquia, república e feudalismo no Brasil

Ao casal de camaradas Vasco Rodrigo e Luiza, a quem o pensamento de Ignácio Rangel tem servido à compreensão de muitas coisas. Coisas estas que para a maioria de nossos nossos historiadores “marxistas” nada tem a ver com o

Superficial análise do 1º trimestre no Brasil

As notícias no campo da economia não páram de alertar: turbulências na economia norte-americana, superávit comercial chinês para com o Brasil, crescimento do PIB real no início do ano de menos de 3,5%, reforma da previdência a

Feudalismo no Brasil: satisfações

Recebi com muita curiosidade a tréplica (que circulou pela internet) ao meu último artigo publicado neste espaço. Desde já coloco que a sadia polêmica está sendo feita a partir de pontos de partida totalmente diferentes. Partindo inclusive de diferentes “

Sim, houve feudalismo no Brasil

Poderia-se falar de um choque ocorrido na América Portuguesa em comparação com choque greco-romano partindo-se de premissas mais radicais, como por exemplo as relações sociais praticadas no âmbito das terras comunais de feudos germânicos ilustrando os lem

Superestrutura feudal e corrupção no Brasil

Não existem novidades acerca da defesa que tenho feito de que o Brasil passou sim por uma etapa histórica de desenvolvimento na qual o feudalismo foi o modo de produção dominante. Sobre isto já escrevi anteriormente (“Generalidades sobre o feudalismo

1 11 12 13 14