A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Sayid Marcos Tenório

Historiador e especialista em Relações Internacionais. É vice-presidente do Instituto Brasil-Palestina (Ibraspal) e autor do livro Palestina: do mito da terra prometida à terra da resistência (Anita Garibaldi/Ibraspal, 2019. 412 p). E-mail: [email protected] – Twitter: @HajjSayid

O silenciamento de vozes pelo apartheid israelense

Em menos de um mês duas jornalistas foram intencionalmente assassinadas por soldados do apartheid

Jerusalém pertence aos palestinos

A insistência de Israel em tornar Jerusalém a “capital unificada” da ocupação e do apartheid sionista na Palestina viola o Direito Internacional e as diversas Resoluções da ONU

O apartheid de Israel na Palestina e a hipocrisia ocidental

Não há como não se elevar a indignação quando vemos líderes ocidentais e sua mídia falarem sobre o direito da Ucrânia de se defender e que sanções contra a Rússia são legítimas, enquanto praticam discriminação racial contra pessoas vítimas de conflito por não se enquadrarem no biótipo europeu branco e de olhos azuis

Acusação de antissemitismo é cortina de fumaça para encobrir apartheid e crimes de “Israel”

A acusação de antissemitismo feita aos movimentos de resistência é uma distorção do que realmente acontece hoje, porque são os palestinos que sofrem diariamente com a violência e desrespeito à sua condição humana

O apartheid que oprime palestinos há sete décadas

Nada é feito contra a existência desse regime de apartheid, proibido pelo direito internacional, no qual sionistas impõem um sistema de opressão e dominação contra palestinos

Israel e o genocídio silencioso de crianças palestinas

Segundo o ordenamento jurídico do “estado judeu”, crianças palestinas podem ser presas a partir dos 12 anos de idade

A revolta negra que sacudiu Salvador no Ramadã de 1835

A Revolta dos Malês foi uma das revoluções mais populares da história do Brasil, motivada pela insatisfação com a escravidão, a discriminação racial e a intolerância religiosa praticada pela Igreja Católica, que os forçava a se converter ao catolicismo.

Israel não é um “Estado” normal

A relação entre o povo palestino e Israel não é uma relação entre estados soberanos, é uma relação impulsionada pelo colonialismo israelense, pela expropriação e ocupação militar

Haverá “paz duradoura” entre Israel e palestinos?

O objetivo da ocupação israelense é a completa destruição da Palestina para que haja finalmente o estabelecimento do Estado de supremacia judaica nos territórios ocupados

Qasem Soleimani, o grande mártir de Jerusalém

Os inimigos da nação iraniana ficaram humilhados diante da grandeza do General assassinado, que se transformou no mártir de Jerusalém

Saara Ocidental: luta anticolonial invisível

A República Árabe Saaraui Democrática é o antigo Saara Espanhol. o último povo a não exercer sua autodeterminação no continente africano

1 2 3