A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: julgamento

Entenda o que pode acontecer após o julgamento de Lula

O julgamento do recurso do ex-presidente Lula, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), nesta quarta (24), não encerra a discussão sobre a denúncia. Tanto o petista quanto o Ministério Público ainda podem recorrer da decisão. Este dia 24 é, portanto, apenas o início da jornada do ex-presidente contra a sentença do juiz Sérgio Moro e pelo direito de ser candidato.

Julgamento de Lula definirá rumos da democracia no Brasil

Nesta quarta (24), a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) julga recurso do ex-presidente Lula contra sentença do juiz Sérgio Moro, que o condenou a nove anos e meio de prisão. Nas mãos de três magistrados, estará não só o futuro do político mais popular do país, mas também o destino da jovem democracia brasileira. Num processo marcado por denúncias de parcialidade e violações de direitos, o histórico julgamento ocorre sob o signo da desconfiança.

Por Joana Rozowykwiat

Cearenses realizarão atos em defesa de Lula e da democracia

Manifestantes de várias cidades do Ceará já confirmaram atividades em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da democracia. As mobilizações pró-Lula ganham força no país e no exterior, com a proximidade se seu julgamento, que acontecerá nesta quarta-feira (24), quando o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, julgará o recurso de sua defesa, no caso do triplex do Guarujá (SP).

Nágyla Drumond: Eleição sem Lula é fraude

“Não arredaremos pé, não desistiremos. Estamos com Lula porque, como prevíamos, chegou um tempo em que defender Lula é defender a democracia brasileira, o Estado Nacional, a soberania de nosso país devastado pela sanha das elites cretinas aliadas aos interesses do grande capital internacional”.

Por *Nágyla Drumond

Lavenère: Julgamento de Lula é fraude que ficará tatuada na história

Para o advogado Marcelo Lavenère, o julgamento de Lula é “a continuidade do golpe” que apeou Dilma Rousseff do poder, a “confirmação de um projeto de país sem lei, entregue à rapinagem”. Na sua avaliação, o processo contra o petista é “ilegítimo” desde o princípio. De Porto Alegre, onde acompanha tudo de perto, ele analisou que o Judiciário terminará o dia 24 ainda mais desacreditado: “A palavra fraude vai ficar como tatuagem na biografia de todos os que participaram dessa conspiração”.

Defesa de Lula rebate O Globo e espera julgamento justo do TRF-4

O Globo dá  seu veredito e monta uma sessão de julgamento fazendo denúncias e tecendo críticas à defesa do ex-presidente Lula na análise do caso tríplex, com uma série de afirmações “inverídicas” em editorial nesta terça-feira (16). Segundo o advogado do ex-presidente, Cristiano Martins Zanin, “claramente tentando mascarar a fragilidade jurídica daquela sentença do tríplex que será analisada no próximo dia 24”.

Marcus Ianoni: A política no julgamento de Lula

Toda decisão do Estado, em qualquer dos Três Poderes, é política, pois implica em cursos de ação com obrigatoriedade de cumprimento, garantida, no limite, pelo uso monopolístico da força, que o poder público proclama assentar-se na legitimidade. O veredito jurídico é uma decisão política do Poder Judiciário.

Por Marcus Ianoni*, no Jornal do Brasil

Ativistas criam movimento para garantir o julgamento de Temer

Um grupo de artistas, intelectuais e esportistas lançou um movimento para pressionar os parlamentares a votarem a favor das investigações e do afastamento de Michel Temer. O site 342agora.org.br usa as redes para uma ação coletiva. O número 342 é uma referência à quantidade de votos necessários para aprovar a medida em plenário.

Defesa de Dilma diz que resultado no TSE reconheceu soberania do voto

A defesa da ex-presidenta Dilma Rousseff considerou que a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de absolver a chapa Dilma-Temer das acusações de abuso do poder político e econômico foi um reconhecimento da soberania popular. 

Por Ivan Richard Esposito para Agência Brasil

Para senadoras, Dilma paga por investir em educação e ser mulher 

“Na minha modesta biografia como professora do sertão nordestino me nego a colocar meu nome nesta farsa e seguiremos junto ao seu lado nesta luta pela democracia”, discursou a senadora Fátima Bezerra (PT/RN) na noite desta quarta-feira (29) no Senado durante o julgamento do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff. A senadora Regina Souza (PT/PI) discursou depois de Fátima e lembrou que a presidenta está sendo vitimizada por ser mulher e de esquerda. 

Por Railídia Carvalho

Novo presidente do STF tem o desafio de julgar 600 processos

O julgamento de cerca de 600 processos com repercussão geral que aguardam solução no Supremo Tribunal Federal (STF) será o maior desafio do novo presidente da Corte, ministro Ricardo Lewandowski, que foi eleito nesta quarta-feira (13).

STF marca julgamento da ação penal contra ex-presidente Collor

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para o dia 24 de abril o julgamento da ação penal que envolve o senador Fernando Collor (PTB-AL), acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) dos crimes de peculato e corrupção passiva. As acusações referem-se ao período em que Collor foi presidente da República, entre 1991 e 1992.

1 2 3 4 5 6