A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Trabalho escravo

Mobilização: Auditores do Trabalho cobram punição para crime de Unaí

Com o comando do ministério ainda sem definição, Auditores-Fiscais do Trabalho aproveitam a Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo para expor as dificuldades impostas à atuação da categoria. As atividades programadas incluem distribuição de material sobre o assunto, realização de simpósios, painéis e manifestações.

Altamiro Borges: Trabalho escravo é incentivado por Temer

A Agência Brasil, que pertence à EBC e foi transformada pelos golpistas em um diário oficial da quadrilha de Michel Temer, informou no último domingo (28) que “ações do governo marcarão a Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo”. Conforme lembra o texto, 28 de janeiro marca o evento.

Por Altamiro Borges*, em seu blog

Combate ao trabalho escravo:Campanha alerta para a realidade no Brasil

Para marcar o 28 de janeiro), Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, o Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE) lançará em Fortaleza, nesta segunda-feira (29), a campanha nacional "Baseado em Fatos Surreais". São mais de 20 peças publicitárias, entre vídeos, spots, anúncios para revistas, outdoor, busdoor e conteúdo direcionado às redes sociais.

Com Temer, operações contra trabalho escravo caíram 23,5%

Em 2017, foram realizadas em todo o País apenas 88 operações de fiscalização contra o trabalho escravo – em 2016, foram 115 realizadas. É a menor atuação das equipes de erradicação desde 2004, quando foram feitas 78 fiscalizações.

Por Marize Muniz e Walber Pinto

 Governo Temer reduz operações de combate ao trabalho escravo

Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho apontam que o número de operações de fiscalização para a erradicação do trabalho escravo diminuiu 23,5% em 2017 em comparação com o ano anterior. Foram realizadas 88 operações em 175 estabelecimentos no ano passado, contra 115 em 2016. É a menor atuação das equipes de erradicação desde 2004, quando foram feitas 78 fiscalizações.

Temer recua e reedita portaria que liberava trabalho escravo no país

O governo publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (29) nova portaria sobre trabalho escravo. Depois de receber uma chuva de críticas de diversos setores, inclusive internacionais, por considerar que a medida anterior atendia aos interesses da bancada ruralista e instaurava o trabalho escravo, a nova portaria se propõe a tornar mais rigorosas as definições de jornada exaustiva e condição degradante do trabalhador, além de ampliar outros conceitos para configuração desse tipo de mão de obra.

Fiscalização flagra trabalho escravo em vila turística no Ceará

Jijoca de Jericoacoara, cidade conhecida como Jeri, conhecida rota turística no Ceará, a 300 quilômetros de Fortaleza, teve um flagrante de trabalho escravo durante ação de fiscalização.

Grife Animale é flagrada com trabalho escravo

Trabalho escravo na Animale: R$ 698 na loja, R$5 para o costureiro. Bolivianos trabalhavam mais de doze horas por dia correndo risco de acidentes. Cinco crianças brincavam entre as máquinas e pilhas de tecido.

Combate ao trabalho escravo sofreu 'retrocesso histórico'

O governo brasileiro promoveu “um retrocesso histórico” no combate ao trabalho escravo em 2017. A conclusão é de relatório aprovado esta semana pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado. O relator, senador Paulo Rocha (PT-PA), avaliou as políticas públicas para a erradicação do trabalho escravo no país.

Orlando Silva: não cabe subjetividade na avaliação do trabalho escravo

Em audiência pública na Comissão de Trabalho da Câmara nesta quarta-feira (6), o presidente da Comissão, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), criticou portaria do governo sobre trabalho escravo e afirmou que mais de 20 projetos de decretos legislativos foram elaborados para suspender o documento. Para ele, não cabe subjetividade na avaliação sobre trabalho escravo.

Governo defende portaria que permite escravismo no Brasil

Portaria do trabalho escravo quer evitar “danos à imagem dos envolvidos”, aponta Advocacia-Geral da União. Comunistas condenam a permissividade da nova regra que permite subjetividade na avaliação das condições de trabalho.

Por Iberê Lopes

M.Officer é condenada por trabalho escravo 

TRT mantém decisão de primeira instância, que determina indenizações de R$ 6 milhões por danos morais coletivos e dumping social, e determina cumprimento de obrigações trabalhistas e marca pode ser proibida de vender em São Paulo.

1 2 3 4 5 6 49