A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Maria Prestes

Viúva de Luiz Carlos Prestes
O Sabor do Mar Negro, por Maria Prestes

“Tanto em Yalta como em Sukhumi vivemos experiências incríveis nos cafés da manhã, almoços e jantares. Mesas fartas de embutidos, creme de leite, frutas da época, pão preto de centeio, sementes e temperos dos mais diferentes.”

A Pernambucana das Minas Gerais, por Maria Prestes

“Minha missão principal era a de cuidar da segurança dele, o secretário-geral do PCB. Por isso, as casas, que chamávamos de ‘aparelhos’ do partido comunista, sempre tinham que ter seus jardins voltados para a parte interna”

O Sabor de Vila Mariana, por Maria Prestes

“Depois do golpe de 1964, tudo mudou. O centro da casa passou a ser a cozinha onde eu podia reunir todos. Lembro da pia de mármore com sua enorme bancada. Foi nesse período que aprendi um pouco mais da gastronomia paulista, em especial da cozinha italiana”

O sabor clandestino de Maria Prestes

Minha proposta é passar adiante algumas particularidades daqueles tempos heroicos, quando um país tinha a coragem de erguer bem alto e defender a bandeira vermelha com a foice e o martelo,

Caçando comunistas, por Maria Prestes

Reviver no Brasil o antigo medo dos comunistas é imperioso para um governo que pretende desviar a atenção de suas próprias – e graves – falhas.