A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Economia

Governo Bolsonaro admite desastre: desemprego pode chegar a 18,5%

Secretário de Política Econômica desmente Bolsonaro e Guedes e admite que índice deverá sofrer alta histórica no próximo ano. Segundo ele, isso ainda não ocorreu porque boa parte dos desempregados ainda não busca trabalho e, então, não constam das estatísticas oficiais

Por que tudo está tão caro e quanto tempo vai durar?

A elevação dos preços da indústria, que em última instância afetarão o consumidor, é mais um indício no sentido de uma alta generalizada do custo de vida, que tem atingido em especial as classes mais baixas.

Piso emergencial da saúde em 2021: uma questão de vida ou morte?

O parlamento deveria flexibilizar as regras fiscais do país em meio à demanda crescente por serviços públicos de saúde, permitindo ampliação de despesas essenciais nesse grave momento da vida nacional.

BC já queimou US$ 23,45 bilhões em reservas para segurar dólar em 2020

Nesta quarta (28), ante nova disparada da moeda norte-americana, a instituição voltou a negociar as reservas, em um leilão de US$ 1,042 bilhão.

Preços sobem não só para consumidor, mas para indústria

O Índice de Preços ao Produtor, divulgado pelo IBGE, aumentou 2,37% em setembro e acumula elevação de 13,46% no ano.

Guerra comercial: China olha o longo prazo e avança sem confrontação

Governo de Xi Jinping não passou recibo em nenhum momento para o governo Donald Trump

Funcionalismo perdeu 100 mil servidores e população cresceu 30%

Dados das entidades sindicais rebatem informação da CNI (Confederação Nacional das Indústrias) segundo a qual o Brasil é o sétimo país entre os 70 que mais gastam com servidores

Desemprego cresce, chega a 14,4% e volta a bater recorde

Em um trimestre, a população desocupada subiu mais 1,1 milhão de pessoas

Dólar em disparada e o que esperar para 2021

Entre os motivos para nervosismo do mercado está o temor em torno da segunda onda da pandemia do novo coronavírus. No entanto, os números refletem também questões domésticas.

Inflação dos pobres no governo Bolsonaro é 3 vezes maior que a dos ricos

Pesquisa mostra que 90% da população considera que os preços estão subindo muito, principalmente de alimentos e bebidas. Impacto dessa alta é três vezes maior entre as famílias de baixa renda que as de alta renda

Flávio Dino: Privatizar Eletrobras é proposta arcaica

Não há qualquer garantia de que uma Eletrobras controlada pelo capital estrangeiro vá optar pelo caminho do investimento no País

Banco Central mantém juros em 2% e monitora “com atenção” a inflação

O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC justifica a manutenção da Selic em 2% ao ano pela necessidade de manter o estímulo econômico.

1 2 3 877