A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Cultura

Como a chegada do coronavírus mudou a paisagem do centro de SP

Estava há doze dias sem sair de casa, quando decidi dar uma volta de bicicleta para tomar um sol e ver o impacto da pandemia pelo centro. Embora a quarentena tenha começado oficialmente em São Paulo em 24 de março, três dias antes do anúncio do governador João Dória eu e minhas duas colegas de casa já tínhamos decidido nos isolar, uma vez que podemos fazer home office.

Meia-noite no Planeta Quarentena: Dylan ataca de novo

Como um tiro ricochetando nas Portas do Céu, Bob Dylan acaba de lançar uma obra-prima que disseca o assassinato de JFK

Filme mostra como o capital destrói o sentido de humano

“Você Não Estava Aqui”, do cineasta Ken Loach, mostra de forma realista as agruras enfrentadas com a superexploração da força de trabalho no capitalismo do século 21.

Para o Inferno com os Bolsonaros!

Inspirado no apelo dos pastores, eu passei a tarde da quarta-feira, 25 de março, escolhendo um lugar no Inferno para o Bozo e seus filhotes. Uai, alguém precisa punir esses filhos da Peste com o Desespero! Foi a melhor maneira que eu encontrei para comemorar o Dia de Dante (Dantedì), instituído recentemente pelo governo italiano.

Como o coronavírus puxou o tapete de Bolsonaro, por José Miguel Wisnik

Pandemia põe em xeque o negacionismo contumaz com que o presidente busca assentar as bases de seu governo

Coronavírus: Pandemia aniquila a consciência e produz mais xenofobia

Chineses estão envolvidos no Vórtice de difamação, uma situação mais complicada do que a época da Covid-19

Não nos deixemos vencer pelo tédio, o medo, a angústia e a fadiga

Uma mensagem de esperança vem da Espanha, de um cidadão de três continentes e afeiçoado pelo Brasil.

Quem um conto conta, conta outro

Nessa terça-feira, 17/3, recebi pelo zap uma piadinha do coronavírus que logo tratei de repassar aos amigos, amigas e inimigos disfarçados: “Até que não está tão chato ficar em casa. O que me espanta é que um pacote de arroz venha com 8.976 grãos e o outro com 9.044”.

“A gente morre é para provar que viveu”, por Christiane Brito

Em homenagem à jornalista, escritora, militante dos direitos humanos e ex-integrante da equipe do Portal Vermelho, Christiane Brito, falecida nesta segunda-feira (16), republicamos o artigo abaixo em que ela aborda a relação do escritor Guimarães Rosa com a língua portuguesa.

Toinha, a dona do bar de rock mais famoso do DF, é uma mulher livre

“É a minha festa”, afirma a piauiense, que trilhou muito chão até viver de rock.

Livro de antropólogo traz vivências de imigrantes e refugiados

O livro aborda a realidade daqueles que vão habitar às margens da cidade e delineia uma separação visível entre refugiados brancos e refugiados negros,

Elza Soares: “Sou mulher, não sou trapo”

“Vamos mulheres, vamos para as ruas. Vamos buscar nossos direitos, vamos lá, vamos gritar, vamos mulherada”, afirmou Elza sobre o 8 de Março.

1 2 3 579