Bolsonaro pede apoio a Lira oferecendo cargos e emendas, acusa Maia

O presidente da Câmara diz que o presidente que emplacar seu candidato no comando da Câmara para poder pautar temas de costumes como políticas anti-LGBTs, anti-cotas raciais e de gênero e anti-aborto.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia - Foto: Cleia Viana/Agência Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), diz que Bolsonaro atua na eleição para a direção da Casa oferecendo cargos e emendas aos deputados. Na opinião dele, esse é um dos trunfos do líder do Centrão, Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo presidente.

“É claro que o governo está trabalhando. Está oferecendo cargos e emendas para conseguir votos. E não está escondendo isso de ninguém. Mas, apesar disso, a minha impressão é que o grupo pela independência da Câmara é majoritário”, afirmou Maia durante encontro com jornalistas nesta quarta-feira (16).  

Segundo ele, Bolsonaro quer emplacar Lira no comando da Câmara para poder pautar temas de costumes como políticas anti-LGBTs, anti-cotas raciais e de gênero e anti-aborto.

“A pauta de costumes alimenta o processo político dele [Bolsonaro]. Não ter a pauta de costumes na Câmara reduz essa atuação política dele. Bolsonaro precisa do presidente da Câmara. Ele quer o Lira para isso, para votar a pauta de costumes”, disse.

Oposição

Para derrotar o candidato de Bolsonaro a sua sucessão, Maia aposta no apoio da oposição a um candidato apresentado pelo seu grupo. Com 130 votos, os partidos de oposição (PCdoB, PT, PSB, PDT, PSOL e Rede) são ditos como fiel da balança na disputa. O bloco parlamentar de apoio ao candidato patrocinado por Maia é formado por DEM, MDB, PSDB, PSL, Cidadania e PV.

O PDT já avisou que vai apoiar o candidato do grupo de Maia e outros partidos de oposição, como o PT, o PCdoB e o PSB, devem aderir à campanha. “Hoje, dentro do nosso bloco, existem dois nomes: Baleia Rossi (MDB) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas)”, afirmou o presidente da Câmara ao Estadão.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.