A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

André Cintra

Jornalista, escritor e membro da equipe do "Portal Vermelho". É secretário de Comunicação do PCdoB São Paulo e assessor de entidades sindicais.
“Operação paraíba”: ataque de Bolsonaro ao Nordeste começou na Cultura

Bolsonaro deflagrou, já no início de seu governo, uma espécie de “operação paraíba” na Cultura. O desmonte das políticas públicas culturais implantadas nos governos Lula e Dilma prejudicou especialmente o Nordeste

Os livros que Lula leu durante seus 580 dias na prisão

A cada mês em que ficou preso injustamente em Curitiba, ex-presidente leu, em média, dois livros. Ao fim de 580 dias de cárcere, foram mais 40 obras

Democracia em Vertigem, sobre golpe contra Dilma, é indicado ao Oscar

Filme brasileiro, dirigido por Petra Costa, é um dos cinco finalistas na categoria de melhor documentário de longa-metragem

Ditadura obrigou Geraldo Azevedo a cantar nu e encapuzado

Prisões do cantor e compositor pernambucano ocorreram em 1969 e 1975. “Durante muito tempo, tive vergonha disso – é muito humilhante”, conta o artista.

Um ano sem MinC: os impactos do desmonte bolsonarista na Cultura

Em entrevista ao Vermelho, Celio Turino e João Brant, ex-gestores do Ministério da Cultura, analisam os impactos da extinção do MinC e do desmonte do setor cultural

Com Bolsonaro na Presidência, cresce a rejeição à ditadura militar

É provável que o presidente tenha transferido ao regime militar parte de sua rejeição pessoal. Nunca tantos brasileiros rechaçaram os governos dos generais-ditadores.

Com incorporação do PPL, PCdoB cresce em 2019 e tem 413 mil filiados

Marca alcançada pelos comunistas é ainda mais expressiva diante de uma nítida tendência inversa: 1,1 milhão de pessoas se desfiliaram de seus partidos no ano.

Como atrair os trabalhadores de volta aos sindicatos?

Lideranças sindicais e especialistas ouvidos pelo Vermelho são unânimes em apontar a conjuntura nacional como força motriz da queda recorde nas taxas de sindicalização. Mas também cobram autocrítica do movimento sindical

Aos 73 anos, Vital Nolasco ainda é um militante indispensável

Em 16 de dezembro de 1946, nascia em Belo Horizonte (MG) Eustáquio Vital Nolasco. Sua trajetória teve passagens marcantes, como a participação, em 1968, na greve dos metalúrgicos de Contagem (MG) e os dois mandatos como vereador de São Paulo.