A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Paulo Freire

Paulo Freire e a educação para a liberdade

O educador Paulo Freire teria completado 97 anos neste 19 de setembro; neste ano se comemora também os 50 anos da publicação de seu clássico e fundamental Pedagogia do Oprimido.

Por José Carlos Ruy

Paulo Freire, o patrono da Educação Brasileira, completaria 97 anos

Há 97 anos, em 19 de setembro de 1921, nascia o educador pernambucano Paulo Freire. Em 2018, também são celebrados os 50 anos do livro Pedagogia do Oprimido, obra que revolucionou o sistema de ensino de adultos em todo o planeta, criando um modelo pedagógico que até hoje é inovador – e faz com que Paulo Freire seja o terceiro cientista brasileiro mais citado em trabalhos acadêmicos da área de humanas no mundo, segundo levantamento do Google Scholar.

Os 50 anos da pedagogia do oprimido de Paulo Freire

Dentre as muitas razões para celebrar o cinquentenário de 1968 – “o ano que não terminou”, na feliz expressão de Zuenir Ventura – certamente está a conclusão dos manuscritos do livro Pedagogia do Oprimido que Paulo Freire escreveu no exílio chileno e que viria a ser publicado pela primeira vez nos Estados Unidos, em 1970, e só quatro anos depois no Brasil.

Por Venício A. de Lima*

O que realmente disse o nosso Patrono, Paulo Freire

Em dezembro de 2017, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) recusou a sugestão de iniciativa popular (SUG 47/2017) de retirar de Paulo Freire o título de Patrono da Educação Brasileira (Lei 12.612). 

Por Carlos Pompe*

Educadores e entidades se mobilizam em defesa de Paulo Freire

Movimento conservador quer tirar o título de Patrono da Educação Brasileira. "Qualquer exame da história comprova que legado é motivo de orgulho para a educação nacional", diz manifesto.

Proposta quer retirar o título de patrono da educação de Paulo Freire

De autoria de uma estudante apoiadora do Escola sem Partido, sugestão só vira pauta no Senado se alcançar 20 mil adesões.

Em tempos de Escola sem Partido, educadores ressaltam Paulo Freire

Nesta segunda-feira (19), o educador pernambucano Paulo Freire teria completado 95 anos. Um dos maiores educadores do mundo, morto em 1997, aos 76 anos, Freire foi declarado como patrono da educação brasileira em 2012.

Diógenes: O inimigo da Educação que não mais esconde sua intenção

A palavra “política” vem do grego “politikos”, palavra usada para designar homens nascidos no solo da Grécia, homens nascidos nas “polis” (cidades-estado), homens nascidos livres e iguais.

*Por Diógenes Júnior, especial para o Portal Vermelho


Evaldo Lima anuncia agraciados da Medalha Paulo Freire de 2015

O vereador Evaldo Lima (PCdoB), presidente da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Lazer da Câmara Municipal, anunciou, na última quarta-feira (02/09), os agraciados deste ano com a Medalha Paulo Freire, maior condecoração de educação do município de Fortaleza.

Robson Leite: Que falta faz o professor Paulo Freire

De todas as faixas das duas últimas manifestações que vimos “televisionadas com chamadas ao vivo em rede nacional”, a que mais me chocou não foi, por mais incrível que possa parecer, o pedido de “intervenção militar constitucional” (?) ou o pedido de socorro aos “irmãos do norte”, mas uma em que se pedia um “basta à Paulo Freire”.

Por Robson Leite*, na Carta Maior

Ministério da Cultura recebe manuscrito de Paulo Freire

Tesouro de Paulo Freire, o manuscrito do livro "Pedagogia do Oprimido" foi doado ao Ministério da Cultura (MinC) nesta quinta-feira (20) e será encaminhado pela ministra Marta Suplicy à Fundação Biblioteca Nacional. O livro é uma das principais obras de Freire e foi traduzido para mais de 25 idiomas.

Jerônimo De Boni: De Marx a Paulo Freire

A maior contradição entre a nova concepção de Ensino Superior no Brasil e suas fases preparatórias é o planejamento feito para minimizar as interferências subjetivas que possam pôr em risco sua eficiência. Isso vai ao encontro da Pedagogia Tecnicista, inspirada nos princípios da racionalidade, eficiência e produtividade, ao contrário da tentativa de estabelecer, no Brasil, uma pedagogia “libertadora-histórico-crítica”, inspirada na Escola de Vigotski.

Por Jerônimo De Boni*, para o Vermelho

1 2 3 4