Foice e Martelo, um símbolo atualíssimo

O que era a representação da unidade operário-camponesa ganhou outra dimensão ao longo do tempo: significa a luta histórica do proletariado organizado para eliminar o capitalismo e construir o Socialismo

O argumento de que a Foice e o Martelo é um símbolo ultrapassado porque expressa a unidade operário-camponesa (conforme definiu Lênin ao criar o símbolo e adotando o nome “Partido Comunista”, extraído do Manifesto de 1848 produzido por Marx e Engels) é pífio.

Se na origem era isso – servia para expressar a revolução socialista na Rússia, a aliança das duas classes fundamentais da sociedade russa da época –, o símbolo ganhou outra dimensão ao longo do século 20 e de lá para cá: significa a luta histórica do proletariado organizado para eliminar o capitalismo e construir o Socialismo, visando ao comunismo. Não se trata apenas de representar segmentos específicos da massa trabalhadora, mas, sim, a necessidade de mudar o mundo.

Símbolos são fundamentais porque possibilitam identificação imediata com causas, definem campos, ajudam a entender melhor o que esse ou aquele movimento propõem. Ajudam a delinear as personalidades de quem os ostentam. E, sim, sem dúvidas: servem também para assustar inimigos porque explicitam objetivos, delimitam campos.

Ninguém se engana quando vê uma Cruz (mesmo com a enorme variedade de “igrejas”) ou quando vê a Lua e o Crescente, o grande ícone da fé islâmica, que começou árabe, mas se expandiu para muito além da sua região de origem. Cristãos e muçulmanos não consideram seus símbolos ultrapassados. A Cruz cristã tornou-se sua marca de identificação por volta do final do século 2, logo, há mil e novecentos anos. O símbolo muçulmano remonta ao século 11, quando a Lua e o Crescente representavam o Império Otomano. Isso, apenas para pegar dois exemplos simples de entender.

Ora, se a Foice e o Martelo expressam a luta pelo fim do capitalismo e a construção de uma nova sociedade, segue atualíssimo tendo em vistas as necessidades históricas e o próprio curtíssimo espaço de tempo de vida do movimento comunista. O que são cem anos para a história? Símbolo superado? Como assim? Ah, mas o símbolo assusta pelos erros do movimento comunista! Olhem para os erros de cristãos e muçulmanos e, de novo, perguntem a eles se seus símbolos são ultrapassados.

Por fim, a quem acha que a modernidade tecnológica seria um bom motivo para mudar o símbolo, sugiro olhar para a China e seu vigoroso Partido Comunista. Tem alguma coisa mais tecnológica do que a economia chinesa hoje? Tem alguma nação que investe mais do que a China em inovações no mundo do trabalho? Não. Agora, perguntem aos comunistas chineses se eles acham que seu símbolo está superado.

Autor

7 comentários para "Foice e Martelo, um símbolo atualíssimo"

  1. Masanobu Aoki disse:

    Enquanto persustir o capitalismo no mundo( o sistema da exploracao do homem pelo homem) o simbolo da FOICE E O MARTELO se faz imprescindivel ,pois representa a luta por um novo regime o DA SOLIDARIEDADE E DA JUSTICA SOCIAL que e o SOCIALISMO.

  2. CONCORDO PLENAMENTE COM A MATÉRIA !! O CAMARADA ALTAIR FREITAS (VERMELHO ) DISSE TUDO E MUITO MAIS. COM O FIM DA URSS UM MONTE DE ” PARTIDOS COMUNISTAS ” ABANDONARAM A FOICE E O MARTELO, TENTANDO SE DESVENCILHAR DA HISTÓRIA DO SOCIALISMO NA RUSSIA. SE TORNARAM UMA ” GELEIA ” PARTIDÁRIA ” , O CASO MAIS VIOLENTO FOI DO PCI ITALIANO. TAMBÉM O PCF, QUE DIMINUIU , PERDEU MILITANTES E PARECE UMA BARATA TONTA NA LUTA DE CLASSES NA FRANÇA. ISTO TUDO VEM DE UMA VISÃO SORRATEIRA QUE FURTIVAMENTE PASSA A SE INFILTRAR ENTRE DIRIGENTES DO CC, A VISÃO DE UM PRAGMATISMO ELEITORAL.

  3. Vi essa mesma historia no PCB onde esta o PCB hoje politicamente acabou simples assim.Oresto e conversa fiada somos o que somos e o que acreditmos

  4. Mauricio de Mendonça Ramos disse:

    Aeeeee cabra bão! Artigo bão dilmais!!! Assim é o meu, digo, o nosso glorioso Partido Comunista do Brasil – PC do B!!!!

  5. Walter Cecchetto Filho disse:

    Nossa visão de mundo é alimentada pelo motor da história: a luta de classes. Vivemos tanto a contradição como a evolução histórica da luta pela emancipação da classe trabalhadora e do proletariado. Se antes a aliança entre classes e categorias se faz mais que nunca necessária, preservar está simbologia expressa este legado. Afortunado é o Partido Comunista do Brasil, herdeiro deste simbolismo e do seu papel histórico, desempanhando com afinco seu protagonismo na luta cotidiana rumo a transformação da sociedade brasileira.

  6. NIVALDO disse:

    As lutas sociais sempre existiram desde que o homem explora o homem mas so mente em meados do século XIX o socialismo começou a se projetar como teoria social passando a inspirar movimentos revolucionários pelo mundo afora. Desde então, experimentou sucessos e fracassos, porem seus fundamentos se consolidam ao longo da História, comprovando seu valor transformador para a sociedade humana. E assim sua simbologia se confirma sempre mais com suas bandeiras, suas cores e seus cantos. Porque o socialismo é integral, feito de razão e emoção, de luz e sombra, de avanços e recuos mas sempre caminhando em direção ao futuro…

  7. Irles Coutinho De Carvalho disse:

    Não está superado, e precisa ser apresentado às pesdoas e aos paises que nao conhecem a historia desse simbolo, que veem e não sabem o que significa( a unidade da classe trabalhadora) . Porque estava nas mãos dos soldados que tomaram o Reichstag alemão, em Berlim, em 1945?
    É um símbolo vitorioso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *