Sérgio Mamberti: O fascismo detesta a cultura! Como resistir?

Uma deliciosa prosa do consagrado artista brasileiro com o jornalista Altamiro Borges.

Sérgio Mamberti - Reprodução

O premiado ator, diretor, produtor Sérgio Mamberti conversou com o jornalista Altamiro Borges, presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e falou sobre democracia, cultura, democratização da comunicação e como tem enfrentado a pandemia. Aos 81 anos de vida, sendo 64 deles dedicados à arte e à cultura brasileira, Mamberti – e que ocupou vários cargos no Ministério da Cultura – faz uma análise do processo de destruição do campo cultural iniciado por Michel Temer e intensificado com Bolsonaro. De quebra, ele ainda conta sua relação “linda e festeira” com o Barão de Itararé.

Fonte: Centro de Estudos Barão de Itararé

Um comentario para "Sérgio Mamberti: O fascismo detesta a cultura! Como resistir?"

  1. VANESSA ADERALDO DE SOUZA disse:

    A cultura emancipa e o fascismo reprime. São dois lados opostos e não podem conviver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *