A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: fascismo

Dois anos de desgoverno – três vezes destruição

Neoliberalismo, fascismo cultural e pandemia sem controle, em síntese trágica, devastam o país.

Os dois combates de Flávio Dino

Em meio à paralisia da oposição, ele sustenta: o crucial, agora, é construir uma frente democrática amplíssima. Mas sabe: a esquerda só se reerguerá se enfrentar o conjunto de erros que permitiu a emergência do fascismo

Golpismo nos EUA é alerta contra disseminação do fascismo no Brasil

Lideranças políticas do PCdoB comentaram a invasão do Congresso americano por extremistas para impedir a confirmação de Joe Biden como novo presidente do país.

“Guerra pela Eternidade” desvenda base ideológica da nova direita

Livro expõe o pensamento Tradicionalista, uma das facetas mais conservadoras da nova direita mundial

Semana Vermelha destaca Cartola e frente ampla

Veja o que foi destaque no Portal Vermelho de 29 de novembro a 05 de dezembro 2020

Vitória de Biden é saudada pela oposição a Bolsonaro

Com o resultado da Pensilvania, o candidato Democrata alcançou 284 votos dos delegados, 14 votos a mais dos 270 de que ele precisava. Até agora o democrata alcançou 290 votos.

Unir forças para derrotar o fascismo

É importante que o campo democrático e popular construa uma agenda que contemple os movimentos sociais, os conselhos de políticas públicas, as articulações nacionais de construção de outra orientação macro econômica, de defesa dos direitos e da democracia.

Ataque à estátua de Ariano Suassuna e a cruzada contra a cultura

Essa canalha sabe as razões por que derrubam e depredam valores universais esculpidos em pedra no Recife. Pois como vândalos são bárbaros, que odeiam a cultura.

Apelo de Trump à ansiedade branca não é “apito de cachorro”, é racismo

No Brasil, também costuma-se dizer que Bolsonaro tem apitos de cachorro para seus bolsominions, quando, na verdade, ele é explícito no racismo, machismo, homofobia, autoritarismo e fascismo.

Walden Bello: Mobilizar também as emoções para derrotar o fascismo

Autofagia dos neoliberais produziu duas grandes crises em menos de 20 anos e abriu caminho ao fascismo. Para criar sonhos coletivos, a razão e boas ideias não bastarão

A raiz comum do fascismo: o ódio

Muito se tem falado em fascismo, protofascismo, neofascismo, nazifascismo para tentar definir a ideologia do governo Bolsonaro e de seus apoiadores. Na verdade, pouco importa o prefixo correto. Importa saber o que esses conceitos têm em comum. Após refletir sobre algumas lições da História, cheguei a uma conclusão nada surpreendente, porém didática. O que unifica as diferentes manifestações do fascismo é o ódio. Ódio pelo diferente, pelo estranho, pelo desconhecido, enfim, ódio pelo outro. Sentimento que pode se exprimir através do preconceito, da intolerância e da violência. Não por acaso, os alvos preferenciais do fascista são homossexuais, imigrantes, negros, feministas, socialistas, comunistas, pobres, índios, muçulmanos, judeus, ateus etc.

Sérgio Mamberti: O fascismo detesta a cultura! Como resistir?

Uma deliciosa prosa do consagrado artista brasileiro com o jornalista Altamiro Borges.

1 2 3 22