“De que lado você está? Amazônia ou Bolsonaro?”, pergunta campanha

Em campanha internacional, entidades pedem que governos e empresas deixem de financiar Bolsonaro e sua política desastrosa para o meio ambiente.

Imagem de incêndio na Amazônia em 22 de agosto de 2020 - Christian Braga/Greenpeace

“De que lado você está? Amazônia ou Bolsonaro?”. Esta é a pergunta lançada pela campanha Defund Bolsonaro (deixe de financiar Bolsonaro, em uma tradução livre) em um vídeo em inglês sobre as queimadas na Amazônia. A campanha internacional tem o apoio da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Observatório do Clima, Mídia Índia e 342 Amazônia.

No vídeo, que circula nas redes sociais desde quarta-feira (2), aparecem imagens de colunas de fumaça saindo de prédios, lojas e supermercados. Uma voz de criança pergunta: “Você está sentindo o cheiro da fumaça? A Amazônia está queimando. De novo”.

“Esses incêndios não são naturais. Eles são sintomas de uma infecção ecológica, criada por corporações parasitas e ganância globalizada. Bolsonaro permite isso. Enquanto seu banco, seu governo, as marcas que você compra e os alimentos que você come o sustentam”, prossegue a voz.

“Se você acha que esses incêndios não vão queimar você, pense de novo. A Amazônia está em cada respiração sua e essa forma de fazer negócios vai sufocar todos nós”, diz ainda a narração no vídeo, que termina perguntando: “De que lado você está? Amazônia ou Bolsonaro?” (assista à gravação na íntegra abaixo).

A campanha lançou ainda um site que reúne matérias de jornais do mundo inteiro e fotos da tragédia ambiental brasileira.

Há ainda artes para divulgação em redes sociais com críticas à ministra da Agricultura, Tereza Cristina (referindo-se a ela como “poison muse”, musa do veneno), ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (“Conheça Ricardo Salles, seu pior inimigo de quem você nunca ouviu falar”) e ao vice-presidente Hamilton Mourão (“Conheça o vice-presidente mais quente do mundo”).

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles: inimigo.

Na manhã desta quinta-feira (3), a hashtag #DefundBolsonaro liderou por muito tempo os trending topics, lista dos dez assuntos mais comentados do Twitter. Há pouco, a tag ocupava o terceiro lugar no ranking e somava 17 mil menções de usuários.

O vídeo da campanha foi compartilhado por pessoas como o ator mexicano Gael García Bernal. “Uma vez mais, e várias vezes, é preciso assinalar onde está grande parte do problema. A emergência climática pode ser combatida utilizando as ferramentas da democracia e da organização social”, escreveu.

Autor

3 comentários para "“De que lado você está? Amazônia ou Bolsonaro?”, pergunta campanha"

  1. Luiz Henrique Fontenelle Graça disse:

    Essa é uma campanha criminosa, e não é contra Bolsonaro, essa campanha é contra o Brasil. O governo brasileiro tem que reagir com toda força.

  2. sonia regina vantini giuntini disse:

    Do Lado do BOLSONARO, claro, parem de hipocrisia!!! Vocês querem é tomar o poder pra continuar acabando com a Amazônia, esquerdalha miserável!!!! Comunistas canalhas!!!!!!!

  3. Cadu disse:

    Boa Tarde!

    Uma imagem diz por tudo. As grandes florestas não pegam fogo sozinhas. 90% das queimadas são criminosos e, se realmente o Des-governo quisesse acabar com a queimada (liberada) trocaria o péssimo ministro do Meio Ambiente.

    “Todos os animais são iguais, mas, alguns são mais iguais do que outros”.
    […] George Orwell

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *