Edmilson acusa falta de atendimento de pacientes com Covid-19 em Belém

“O respeito à vida e à dignidade das pessoas deve ser prioridade”, protestou o candidato a prefeito de Belém da coligação PSOL, PT, PCdoB, Rede, PDT e UP

Edmilson Rodrigues - Foto: Divulgação

Sob ameaça de uma segunda onda da Covid-19, a cidade de Belém vive o drama de não atender pacientes vítimas da doença nas Unidades de Saúde do município. “O respeito à vida e à dignidade das pessoas deve ser prioridade”, protestou o candidato a prefeito na capital paraense Edmilson Rodrigues (PSOL, PT, PCdoB, Rede, PDT e UP).

Segundo ele, trata-se de uma situação preocupante, pois a capital vive a possibilidade de enfrentar uma segunda onda do coronavírus. “É importante que os governantes se antecipem, planejem e evitem os atropelos que só favorecem aqueles que praticam o mal feito”, criticou.

De acordo com a última pesquisa Ibope, Edmilson é líder da intenção de votos com 38%, seguido de Priante (MDB, 15%), Thiago Araújo (Cidadania, 8%), Delegado Federal Eguchi (Patriota, 7%) e Vavá Martins (Republicanos, 7%). O levantamento foi encomendado pela TV Liberal, que divulgou os resultados neste sábado (24).

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.